segunda-feira, 30 de agosto de 2010

MOTORISTA DO PREFEITO, ASSESSOR DE GABINETE, DIRETOR DE OBRAS E EMPRESÁRIO, SÃO PRESOS SUSPEITOS DE FRAUDE EM LICITAÇÕES





30/08/2010 17h28 - Atualizado em 30/08/2010 18h12

Grupo é preso por suspeita de fraudar prefeitura no interior de SP


Quatro pessoas foram presas em Monte Aprazível, a 474 km de São Paulo, por suspeita de fraudar licitações da prefeitura da cidade.
Investigação do Ministério Público revelou um esquema de favorecimento de empresas em licitações feitas pela administração municipal.
A prefeitura ficará fechada até que todos os documentos relacionados sejam retirados.

Este  fato tem alguma coisa a ver com Analândia, fiquem atentos!!



FINALMENTE UMA POSIÇÃO DO PREFEITO LUISINHO, MAS MAIS UMA VEZ ELE NADA DISSE...

Esta matéria foi inspirada no Jornal da Região de 28 de agosto de 2010, sobre a matéria "Prefeito Luisinho decidirá sobre a obra do calçadão nos próximos dias",  mas quem esclarece e comenta a matéria é o chefe de gabinete Beto Perin.
Enquanto fingimos que acreditamos e aguardamos o pronunciamento do PREFEITO também indagamos sobre o que ele irá decidir, afinal, decidir o que sobre o futuro de uma obra repleta de irregularidades desde sua concepção? Sr. Prefeito, sobre licitação com irregularidades, não se tem o que decidir, ela simplesmente já é nula.
Sr. Prefeito, o Sr. deveria se decidir sim, enquanto é tempo, sobre a demissão de alguns funcionários, por incompetência, má fé, danos ao erário público. Mas infelizmente o que constatamos é que o Sr. não tem competência para isso, afinal, nem para falar sobre o assunto é capaz, ou será que não sabe?
O Engenheiro da Prefeitura Paulo Monti Pinheiro que segundo o jornal elaborou um parecer sobre o caso, nem ao menos cumpre as horas que deveria cumprir na prefeitura, caso bem interessante, que o  prefeito  também deveria se pronunciar, aliás o referido engenheiro deu ordem de serviço para iniciar os trabalhos e não estava em Analândia, pois como engenheiro civil  poderia ter evitado o suposto erro, se estivesse cumprindo com suas obrigações e no mínimo estando estando no local.
O chefe de gabinete falou, "não houve falhas da administração", lógico que não foi falha, deve ter sido má fé, coisa até normal na atual administração que amarga condenação judicial por este crime.
Os vereadores souberam das irregularidades e pediram investigação, isso é ato político?  É obrigação do vereador  fiscalizar.
Enfim os vereadores que votaram contra demonstraram mais uma vez que são aliados sim da situação, favorecendo as irregularidades que estão apontadas diretamente, deveriam defender o povo, que lhes paga o salário, e não prestarem papel de cúmplices da má gestão pública de Analândia que apenas tem um único objetivo, favorecer a situação.


Sobre as modificações no projeto, as quais o chefe de gabinete mencionou na entrevista, não é a prefeitura quem deve fazer, mas sim o projetista que cobrou R$ 37.805,00 pelo projeto, aliás o processo licitatório 11/2006 também é irregular.
Enfim está chegando o momento de discutir sobre mais este caso,  prefeito peça para seu assessor esclarecimentos, é o seu assessor quem faz, mas cuidado, pois quem assina é você!
Prefeito vejo que não sabe bem onde está, pois se soubesse já teria tomado outras atitudes, e não demoraria 2 anos para se manifestar.
A população pede a seriedade, a legalidade, a moralidade a transparência na administração pública, quem alega que isso é um mero ato de politicagem só demonstra sua total incapacidade de gerir o bem público, uma vez que esses são os princípios básicos da administração pública, nada além disso, e como gestor público é o mínimo que deveria ter de conhecimento sobre o assunto.
E quanto ao jornal, tendencioso, está na hora de ser imparcial, e verificar a veracidade dos fatos, começando por quem realizou a análise sobre o processo licitatório, sobre quem pediu a abertura da CEI e pra que ela serve e investigando de fato o real motivo da recusa desses 5 vereadores em não aceitar a abertura da investigação, uma vez que como o próprio chefe de gabinete garantiu que não houve falhas por parte da administração. Afinal quem não deve, não teme!!!

REFLEXÃO

"Os pingos da chuva fazem um buraco na pedra não pela violência, mas por cair com frequência..."

Por isso vamos continuar insistindo em lutar por uma melhor administração pública de Analãndia melhor, um dia conseguiremos furar o bloqueio que existe em nossa cidade, começando pelas barreiras impostas pelos nossos vereadores.
Com perseverança e justiça atingiremos nossos objetivos.

domingo, 29 de agosto de 2010

MALUF TEM CANDIDATURA BARRADA PELO TRE-SP


'Confio 100% na Justiça de Brasília', diz Maluf sobre candidatura barrada

25 de agosto de 2010 às 06:45

TRE-SP indeferiu candidatura de Maluf com base na lei da Ficha Limpa. Candidato do PP pode continuar campanha e diz que vai recorrer ao TSE.



Foto: Agência Brasil Legenda: O deputado Paulo Maluf, durante sessão na Câmara dos DeputadosO deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) disse que vai recorrer da decisão da Justiça Eleitoral paulista de rejeitar sua candidatura à reeleição. "Meus eleitores podem ficar tranquilos e votar em mim no dia 3 de outubro. Confio 100% na Justiça de Brasília", disse.
O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo indeferiu por quatro votos a dois o registro de candidatura à reeleição de Maluf com base na Lei Ficha Limpa, que proíbe candidaturas de condenados por órgão colegiado da Justiça.
Maluf poderá recorrer da decisão do TRE-SP ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Enquanto o recurso não for julgado, ele poderá continuar em campanha.
Em abril deste ano, o deputado foi condenado pela 7ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo em uma ação de improbidade administrativa. Ele foi acusado de superfaturar a compra de frangos para a Prefeitura de São Paulo, quando era prefeito em 1996.
A defesa de Maluf alega que, como o deputado recorreu ao próprio tribunal com um recurso especial, a condenação foi suspensa. O recurso ainda não foi analisado.
"Está tudo absolutamente normal. Eu sou candidato. No julgamento, tecnicamente, dois juízes, inclusive um desembargador federal e um juiz estadual, votaram que não tenho condenação. Não há nenhuma razão [para barrar a candidatura]", afirmou Maluf.
Em julho, o Ministério Público Eleitoral de São Paulo pediu a impugnação da candidatura à reeleição do deputado. "O ato reconhecidamente irregular, por sua própria natureza, não poderia se aperfeiçoar senão por determinação direta do gestor público", argumentam os procuradores Pedro Barbosa Neto e André de Carvalho Ramos, que assinaram o pedido de impugnação. (Fonte: G1).

FAZENDA SÃO FRANCISCO CULTIVA A TRADIÇÃO DOS CARROS DE BOI - Analândia-SP


Fazenda São Francisco cultiva a tradição dos carros de bois.


Quem visita a Fazenda São Francisco, em Analândia, de propriedade da Família Rosin, além de saborear a tradicional comida caipira, caprichosamente feita pela Dona Rosangela, pode ainda desfrutar de agradáveis momentos em contato com a natureza exuberante, tudo isso a menos de 2 kilômetros do centro da cidade.
Uma das principais atrações, é sem dúvida o conservado carro de bois, tradição que o Sr. Antônio Rosin faz questão de preservar e divulgar em festas típicas como a Romaria de Sant’Ana, que aconteceu no último mês de julho.
Além do turismo rural a Fazenda São Francisco produz ainda leite, peixe (possui um pesque-pague), mel, cana de açúcar e eucalipto.
Parabéns pela iniciativa e pelo belo trabalho!!!

Fotos: Rodrigo Balerini



Mais uma vez a melhor nota da noite na montaria em touros foi de um Analandense

Montarias perfeitas e notas altas marcaram o segundo dia do 18º. Barretos International Rodeo
28/08/2010


A noite de sexta feira, no Barretão, foi marcada por muitas competições, montarias perfeitas e notas altas. Competidores do Brasil inteiro seguem na disputa por um lugar ao pódio do 18º Barretos International Rodeo. Enquanto uns correm contra o relógio, tentando conseguir realizar as provas cronometradas no menor tempo possível, outros enfrentam touros e cavalos na busca da perfeita montaria e da maior nota, onde a imprevisibilidade está sempre presente.
A segunda noite do Barretos International Rodeo teve montarias em touros e em cavalos nos estilos Cutiano, Sela Americana e Bareback, além das provas de Bulldog, Tês Tambores e Team Penning.
No Bulldog, a prova mais radical do rodeio brasileiro, o menor tempo da noite, 4,58 segundos, foi do mineiro de Divinópolis, Nivio Alves Daldegan. Na final de domingo, apenas três competidores disputarão o título de campeão 2010.
Na Sela Americana, a modalidade mais antiga do rodeio americano e que chegou ao Brasil em 1996, Leandro Baldissera, de Capão Bonito (SP), conquistou a maior nota da noite, 82 pontos, apenas meio ponto a mais do que o segundo colocado, José Antônio Fazion, de Pirajuí (SP), que conquistou 81,50 pontos.
Já no Bareback, a maior nota foi do competidor que representa a cidade de São Paulo, Luiz Carlos Moreira, com 81 pontos.
No Cutiano, a modalidade genuinamente brasileira, a maior nota da noite foi do competidor de Riolândia (SP), Adriano Aparecido Batista Parreira. Ele conquistou 89 pontos, montado a égua Fronteira do tropeiro Zé Ricardo. Em segundo lugar ficou o paulista de Taquarituba, Roberto Ferreira de Souza, com 88 pontos. Ele montou o animal Comentário da Companhia Vale da Piedade. Na terceira posição, com 87,50 pontos, ficou o mineiro de Frutal, Arnaldo Gomes da Silva, o Abacaxi, como é conhecido no mundo do rodeio. Ele montou o animal Carioca do plantel do Dito Soncino. Abacaxi foi o campeão do rodeio internacional de Barretos em 2005.
No Team Penning, considerada a prova da família, o trio que carimbou o passaporte para a final de domingo com o tempo de 21,915 segundos foi composto pelos paulistas Lucas Santana Hisbeck, Luiz Augusto Ribeiro Tranquillini e Guilherme Brisighello Neto. Eles competem há cinco anos e já ocuparam a 3º e 4º posição em Barretos.
Na prova de Três Tambores, exclusiva para mulheres, a competidora de Tietê (SP), Caroline Escomparim Rugolo, contornou os três tambores no menor tempo da noite, 18,15 segundos.
Na montaria em touros, competição vedete da noite, a maior pontuação, 92,5 pontos, foi do representante de Analândia (SP), Edson Barbosa da Silva, o "Tiquinho", que montou o touro Pesadelo, da Companhia 3B/Bentinho. Tanto o competidor como o touro estão numa ótima fase. Pesadelo é um dos animais mais temidos da atualidade e seu nome já virou grife, com direito a assessoria própria. Já o competidor, que tem 31 anos de idade e dez de rodeio, está pela segunda vez em Barretos, teve a sorte de tirar um bom touro e manter o equilíbrio em seu lombo.
Tiquinho já foi, dentre outros, além de campeão, vice de Americana e Jaguariúna. Em seu currículo constam 14 motos e um carro.
A noite foi marcada por altas notas e, como diz o comentarista Cacá de Barretos, "com alto índice de colesterol". A segunda maior nota de montaria em touros foi conquistada pelo representante de Caxias do Sul (RS), Alex Trindade Nascimento, que conseguiu 91,25 pontos; seguido pelo competidor de Vargem Grande do Sul (SP), Júlio César Ribeiro, com 90,25 pontos.

MUNDIALITO DE TRÊS TAMBORES

Também na sexta-feira teve início o Mundialito de Três Tambores - o 3º Brazilian Open Championship, onde dez duplas de países diferentes mostraram as suas habilidades na arena do maior rodeio da América Latina. Neste início de competição, a dupla da Argentina, formada por Marcelo Medeiros e Luis Antônio Chicon saiu a frente com o tempo de 38,407 segundos.
Na segunda posição, ficou a dupla dos Estados Unidos formada por Chad Crider e Scott Brown e, na terceira, o Brasil com a dupla formada por Rafaela Laturraghe e Ronildo Moraes, que conseguiu o tempo de 39,294segundos.
Até a final, que será realizada no domingo, cada país terá direito a duas passadas por noite. Os animais serão sorteados, tendo o competidor o tempo de cinco minutos para o reconhecimento.
Esta é a terceira vez que o Open Championship acontece no Brasil. A primeira foi em Jaguariúna e a segunda em Porto Feliz. As próximas etapas serão nos Estados Unidos e na Itália.

Release - Phábrica de Idéias
Foto - Keiny Andrade/Getty Images
Sérgio Martins Sistemas

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

STF SUSPENDE REGRA QUE PROÍBE PIADA CONTRA POLÍTICOS

BRASÍLIA - Lei que proíbe humor nas eleições é suspensa

Extraído de: Associação dos Defensores Públicos do Estado do Rio de Janeiro - 3 horas atrás

O ministro Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu a regra que proíbe humoristas de fazer piadas e sátiras com candidatos em período eleitoral. Britto concedeu em parte liminar pedida pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) em Ação Direta de Inconstitucionalidade ajuizada.
A decisão do ministro Ayres Britto foi lida no plenário do Tribunal Superior Eleitoral pelo presidente, ministro Ricardo Lewandowski. Britto suspendeu parte do artigo 45 da Lei Eleitoral (Lei 9.045/97) que vedava o uso de trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, ou produzir ou veicular programa com esse efeito.
Para Britto, a regra fere a liberdade de expressão ao criar restrições prévias aos programas de rádio e TV. No domingo passado, mais de 500 pessoas, entre humoristas e cidadãos, participaram de um ato de protesto no Rio de Janeiro contra a lei.
Na prática, a regra sempre existiu. Mas neste ano o TSE conferiu uma interpretação mais rigorosa à lei. A liminar de Britto será analisada pelo plenário do Supremo. Ainda não há data para isso acontecer.
Na ação, a Abert sustenta que as restrições impostas pela lei geram um grave efeito silenciador sobre as emissoras de rádio e televisão, obrigadas a evitar a divulgação de temas políticos polêmicos para não serem acusadas de difundir opinião favorável ou contrária a determinado candidato, partido, coligação, aos seus órgãos ou representantes.
Ainda de acordo com a associação, os dispositivos inviabilizam a veiculação de sátiras, charges e programas humorísticos envolvendo questões ou personagens políticos, durante o período eleitoral sob o que chamou de pretenso propósito de assegurar a lisura do processo eleitoral. Para a Abert, as liberdades de manifestação do pensamento, da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação constituem garantias tão caras à democracia quanto o próprio sufrágio.

Opinião

Para o presidente do Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante, esse artigo da lei eleitoral afronta diretamente o princípio de liberdade de expressão previsto na Constituição. "A Adin é um caminho para corrigir uma situação que não se compatibiliza com o estado democrático", afirmou.

Fonte: Consultor Jurídico

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

SESSÃO DA CÂMARA DO DIA 24/08/2010 - VEJAM COMO NOSSOS VEREADORES TRABALHAM PELO BEM COLETIVO DA POPULAÇÃO!!!



Abaixo os links para assisitr a sessão completa do dia 24/08/2010


EM ANALÂNDIA FALTA TRANSPARÊNCIA ATÉ MESMO NOS VEÍCULOS DA PREFEITURA


Por que será que até o carro da prefeitura tem os vidros negros??? Qual a utilidade pública de um carro sem transparência??? Será que a intenção é de mostrar a todos como a própria administração pública de Analândia é??? Sem clareza, sem verdade e sem transparência.
Atenção PM  a essa situação, precisa verificar se esse insulfilm está dentro do permitido na lei.

Calçadão de Analândia - Obra começou mas não terminou, fato deve gerar multa contratual de R$ 200.000,00

A Obra de cobertura do calçadão de Analândia não será concretizada, a  Empresa Paulo A M Ribeiro  ME da Cidade de Lins não fará mais a obra, o que acarretará  uma recisão contratual e consequentemente como prevê o contrato deverá arcar com a multa  de 10% do valor total da obra,  valor em torno de  R$ 200.000,00, sendo o valor da obra R$  1.954.180,73, segundo contrato assinado entre o Prefeito Luis Antonio Aparecido Garbuio e Paulo A. M Ribeiro, cláusula décima primeira - Penalidades, assinado em  22 de fevereiro de 2010.

Abaixo foto da  Empresa com sede na av : Arquiteto Luiz Saia , nº 1.320, Centro , Lins -SP 



O local não aparenta estar bem conservado e não se vê nenhuma movimentação no local.

Esta obra está gerando muita polêmica devido ao grande número de irregularidades no processo de licitação e também na obra. E com a decisão dos vereadores durante a última sessão que ocorreu no dia 24/08/2010, que se negaram a fiscalizar, esse fato que irá gerar ação judicial para apurar as responsabilidades dos responsáveis pela licitação, pela obra e também pela omissão das irregularidades.

Corrupção e falhas de gestores públicos custam R$ 1,8 bilhão por ano ao Estado

Atos de improbidade por parte de autoridades, incluindo enriquecimento ilícito, má gestão e prejuízo ao Erário, custam ao Estado de São Paulo pelo menos R$ 1,8 bilhão por ano. Só a Promotoria do Patrimônio Público e Social cobra R$ 32,1 bilhões de gestores públicos, com base em 764 ações, de dezembro de 2002 até dezembro de 2009. Por conta delas, já há R$ 5,94 bilhões bloqueados pela Justiça para ressarcir o Tesouro.

Os dados constam de documento divulgado pela Procuradoria Geral de Justiça de São Paulo e levam em conta exclusivamente ações abertas na capital, com base na Lei 8.429/92. No entanto, o texto não aponta os nomes de alvos que a promotoria fustigou nos tribunais.

Os promotores cobravam anteriormente R$ 34,2 bilhões, mas esse valor foi reduzido porque 25 ações que miravam R$ 117,4 milhões foram extintas sem julgamento de mérito e também porque a Justiça declarou improcedentes definitivamente outras 59, que tratavam da recuperação de R$ 1,89 bilhão. Estão em curso 337 ações que pleiteiam R$ 22,7 bilhões. Sobre essas ações ainda não há decisão judicial. São 211 as ações consideradas procedentes, mas ainda não de forma definitiva, e elas apontam para uma cifra de R$ 8,26 bilhões. Outro R$ 1,1 bilhão envolve 33 ações em execução e 71, julgadas improcedentes não definitivamente.

O relatório foi apresentado na abertura do 1.º Congresso do Patrimônio Público e Social do Ministério Público de São Paulo, evento da Procuradoria Geral de Justiça e da Escola Superior do MP, que reúne promotores e magistrados que se dedicam a combater a corrupção e desvios na administração. "Esses números nos dão um quadro da gravidade da situação que enfrentamos no desempenho de nosso papel constitucional de guardiães da lei e da moralidade pública", declarou o procurador-geral, Fernando Grella Vieira. Para ele, a instituição "tem feito um esforço muito grande no sentido de combater as práticas ilegais e imorais dos agentes públicos, buscando a punição dos responsáveis, na forma da lei, de forma a desestimular a malversação do dinheiro público e inibir futuras posturas de improbidade administrativa e de corrupção".

O dossiê foi preparado pelos promotores Saad Mazloum e Silvio Antonio Marques, secretários executivos da Promotoria do Patrimônio, braço do Ministério Público que investiga improbidade. Mazloum e Marques são especialistas nessa função. Nos últimos dez anos, eles e seus colegas conduziram as principais investigações contra prefeitos, secretários municipais e estaduais, presidentes de autarquias e ex-governadores.

Cadastro. O relatório divulgado por Grella mostra que, em São Paulo, há 510 processos cadastrados vinculados ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). O total de condenações perante a Corte paulista é de 1.048. São resultados das ações propostas pelo Ministério Público Estadual. Ainda de acordo com o dossiê apresentado pelo procurador-geral, o número de processos vinculados ao Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF-3), oriundos de ações ajuizadas pelo Ministério Público Federal em São Paulo e Mato Grosso do Sul, chega a 7. O total de condenações pelo TRF-3 soma nove.

Do total de condenações por ato de improbidade administrativa na esfera estadual, 1.299 tiveram enquadramento no artigo 11 da lei, que trata sobre os atos que atentam contra os princípios da administração pública - honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições. As condenações pelo Artigo 10, dedicado aos atos que causaram prejuízo ao Erário, somam 1.299. Por último, aparecem as 652 condenações pelo Artigo 9 - auferir qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo, mandato, função, emprego ou atividade.

Por: Fausto Macedo, Bruno Tavares

FONTE: O Estado de S.Paulo

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Mais uma vez, Vereadores de Analândia se negam a investigar irregularidades da Prefeitura

Aconteceu ontem a 12ª sessão ordinária da Câmara dos Vereadores, com a presença de apenas 8 dos 9 Edis, o Toninho Cavalcante não apareceu, também poucos sentiram sua falta.
Assim com  o Plenário tomado pela população,  e  a pauta cheia, devido ao acúmulo de matérias a serem deliberadas por conta da falta coletiva na última sessão, quando todos  os 5 vereadores da situação (Nando, Piçoca, Bueno, Caqui e Toninho Cavalcanti) desapareceram.
Foram votados e aprovados 2 Projetos de Leis, o PL 21/2010 que Autoriza o Executivo a Celebrar Convênio com a Secretaria de Economia e Planejamento e o PL 22/2010 que dispõe sobre abertura de crédito adicional suplementar e dá outras providências,  situação suspeita, pois a prefeitura estando com o nome no Cadin ,como inadimplente não poderiam receber mais verba. 
Em seguida, 12 Requerimentos foram aprovados: 6 de autoria do Presidente Leandro  Santarpio, que pediam:

- cópia de licitações das obras da Rua A- Bairro Jardim Santana
- cópia da licitação da obra da Remodelação das Praças e Jardins
- cópia da licitação da Construção da Creche da CDHU
- cópia da licitação da Pavimentação Asfáltica da Estrada do Alto da Serra, além de informações sobre o cumprimento da Lei 1374/2002
- informações sobre a conservação e limpeza de Vias e Logradouros de toda a cidade;

De autoria do Vereador Rodrigo Balerini, que pediam :
- cópia da licitação da obra da antiga estrada da Faz. São Francisco
- informações sobre a obra da Cobertura do Calçadão Municipal
- convocação do responsável pelo Depto. de Água e Esgoto para prestar esclarecimentos sobre o funcionamento da Estação de Tratamento de esgoto;

Do Ver. Nalin que pedia informações sobre a contratação de advogados pela Prefeitura Municipal;

Do Ver. Adriano Bezerra que pediam:
- informações sobre o funcionamento da E.T.A.- Estação de Tratamento de Água
- solicitação de mudança no local de transbordo do lixo destinado ao Município de Guatapará.

Mas sem dúvidas o ponto alto da sessão foi a votação do Requerimento nº 72/ 2010 de autoria conjunta dos Vereadores Rodrigo Balerini, Evaldo Nalin e Adriano Bezerra, que pedia :

-  Abertura de uma C.E.I.- Comissão Especial de Investigação para APURAR as irregularidades da obra da Cobertura do Calçadão e a votação do Requerimento 73/2010 de autoria do Ver. Rodrigo Balerini que pedia a CONVOCAÇÃO do Pref. Luizinho para prestar esclarecimentos sobre a mesma obra. Porém contrariando a expectativa popular, os vereadores da situação (Nando, Piçoca, Bueno, Caquí ) votaram contra tais requerimentos, provando mais uma vez que estão ali a serviço do Executivo, e não a serviço da população.

Numa votação apertada por 4 votos a 3 os requerimentos foram arquivados e mais uma vez a sujeira foi empurrada para debaixo do tapete. Antes da votação o Ver. Nalin pediu consciência aos Edis para com este caso e, posteriormente, mesmo com uma longa e convincente argumentação do Ver. Balerini, que enumerou todas as possíveis irregularidades da obra, inclusive trazendo a tona fatos novos como a inclusão da Prefeitura Municipal no Cadastro de Inadimplentes - CADIN pelo descumprimento deste convênio, fato que impede que a Pref. receba verbas oriundas de outros órgão públicos, ainda assim os vereadores situacionistas votaram contra.
No final, a população é quem paga a conta com o  despreparo, incompetência e má fé de uma Prefeitura incapaz de resolver os problemas inerentes as obras que executa, e isso é fato pois até poste no meio da rua tem aparecido nas obras do Prefeito Luizinho. E esses Vereadores que são pagos justamente pra fiscalizar esses descalabros e não o fazem? O que ele fazem é  injustiça , agem com egoismo, esquecendo-se do coletivo.
A população não aceitará mais atitudes iguais as de ontem, onde um vereador assume estar errado e nega investigar,  o povo vai responder de forma imediata e eficaz, querem do jeito mais doloroso, assim serão responsabilizados, pois ganham do povo para fazer e não o  fazem, e impedem as investigações de acontecer.
A partir de agora as coisas estão bem definidas, o povo já tentou todos os meios administrativos de resolver as aberrações que acontecem em Analândia e não adiantou, agora cumpra-se a Lei, pois não importa o dia que termina o processo, importa o dia que começa.
E todos que se omitiram a aceitar a apuração das irregularidades serão cobrados e responsabilizados por seus atos de incompetência e irresponsabilidade para com o coletivo.

Estes são os 4 vereadores que insistem em não trabalhar para o povo!





Nas próximas eleições temos que escolher melhor nossos representantes, ou teremos que aceitar mais 4 anos olhando para a cara de pessoas como essas, que denigrem a imagem da administração pública, desrespeitam os direitos dos cidadãos e não horam com seus compromissos para o bem estar da população.
VOTE CONSCIENTE!

Analândia recebe Unidade Avançada de Atendimento Judiciário

Foi instalada na última sexta-feira (20/8) a Unidade Avançada de Atendimento Judiciário (UAAJ) em Analândia, cerca de 230 km da capital. O setor será coordenado pelo juiz Daniel Felipe Scherer Borborema que também é diretor do fórum de Itirapina.


Analândia possui 5 mil habitantes e pertence a 9ª Circunscrição Judiciária (CJ), que tem Rio Claro como sede. Fazem parte da mesma CJ as cidades de Brotas e Itirapina.

As Unidades Avançadas têm como finalidade facilitar o acesso da população à Justiça, atendendo ações de competência do Juizado Informal de Conciliação e do Juizado Especial Cível.

As unidades recebem pedidos, denominados de reclamações pré-processuais, cujo valor da causa não ultrapasse 40 salários mínimos. Os conciliadores (treinados pela Corregedoria-Geral da Justiça), buscam o acordo entre as partes, facilitando o diálogo, sem impor nenhuma decisão. Caso a conciliação não tenha sucesso, as partes são orientadas sobre como proceder para resolver a questão por meio de processo judicial. A UAAJ funcionará das 12 às 18 horas, na Av. 1, nº 322 – Centro.

Daniel Borborema ressalta que “a unidade facilitará o acesso à Justiça por parte da população analandense, uma vez que removerá o obstáculo geográfico (referindo-se à distância de Analândia a Rio Claro) para o cumprimento dessa garantia constitucional”.

Assessoria de Imprensa TJSP - LV (texto) / RCC/Analândia

terça-feira, 24 de agosto de 2010

HOJE SESSÃO NA CÂMARA A PARTIR DAS 19:00 - VAMOS TODOS PARTICIPAR!!!



Hoje dia 24/08 é dia de sessão!!!
A partir das 19 horas acontecerá a segunda sessão após o recesso de julho, a população toda está convidada para exercer o seu direito de cidadania fiscalizando e cobrando as atividades dos vereadores para garantir uma administração pública melhor!
Será que  nossos representantes já se recuperaram e estarão presentes hoje a noite???
Esperamos que sim!!!
A presença da população é fundamental para que testemunhem as decisões dos nossos representantes.
Compareçam!!!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Hoje é dia de festa


Cem mil acessos é um número respeitável,   100.000 é o número alcançado por pessoas que não mais aceitam  tudo caladas, pessoas que não querem mais ser enganadas por um sistema que  atrasou nossa cidade.

Aguardem pois a cada dia teremos novas postagem, faremos nosso trabalho com seriedade e garantimos que vem muita novidade, vamos em frente pois queremos transparência e justiça em Analândia

Em Analândia acontece cada coisa... Até poste no meio da rua você pode encontrar!


A estrada Intermunicipal Analândia São Carlos está sendo asfaltada em seu trecho inicial, mas observe que nem o poste da rua foi retirado e recolocado no lugar correto.
Isso apenas mostra a falta de planejamento e responsabilidade com a segurança do cidadão que por essa rua passar, afinal pode causar um acidente e quem será responsabilizada é a prefeitura.
Quem realiza essa obra é a empresa Josan, vamos resolver com urgência esse problema Sr Prefeito Luisinho!!!

Essa é Fera , aqui você encontra todo material para sua construção - Analândia -SP

Parabéns aos proprietários da Loja Fera Materiais para Construção, o  empreedimento ficou maravilhoso, obra de qualidade que trará mais emprego e faturamento para a cidade.
Rua cinco - tel:  (19)  3566-1145
Com uma loja dessas em Analândia os construtores e clientes ficarão bem servidos, e não precisarão sair da cidade para comprar o que precisam, movimentando a economia da cidade pois o dinheiro permanece no comércio do município.


Um belo investimento como esse nos faz acreditar que existam mais empresários que estão dispostos a  investir em Analândia. Precisamos apenas mostrar viabilidade para que os investidores possam aplicar o seu capital, o Distrito Industrial é o local adequado para Empresas e Indústrias, gerando renda e novas oportunidades para a cidade.

Edson Barbosa conquista a maior nota da noite

Competidor de Analândia conquista a maior nota do penúltimo dia de competição em Barretos.



Com uma montaria sólida, consistente e acompanhando o ritmo do animal, o competidor de Analândia/SP Edson Barbosa conquistou a maior nota da noite de sábado e até então do campeonato, 88,40 pontos montando o animal Grafite do tropeiro Silmar Colombo.
A segunda maior nota foi conquistada pelo representante de Campo Verde/MT Ednei Francisco de Paula, 87,50 pontos montando o touro Chokito da Cia 3B/Bentinho, uma montaria considerada tecnicamente quase perfeita e com apenas meio ponto a frente do competidor de Camapuã/MS Gabriel Melhado, que montando o touro Amendoim da Cia Califórnia, conseguiu 87 dos possíveis 100 pontos.
A liderança do penúltimo dia do Circuito Barretos de Rodeio foi assumida pelo paulistano de Sales/SP Enéias Barbosa , 257,50 pontos, seguido pelo paranaense de Pérola Fabiano Vieira com 253,50 pontos e Juarez Terra da Silva com 239 pontos.
No Team Penning o trio com menor tempo da noite, 22,482 segundos foi composto por Felipe Menezes Ribeiro, Fernando Menezes Ribeiro e Bryan Eysink.
No Bulldog, Renato Finazzi Junior de Barretos/SP derrubou o bezerro em 5,27 segundos e permaneceu na liderança. Já na prova dos 3 Tambores, a amazonas Amanda Salvatierra de Guapiaçu/SP fez o menor tempo, 18,617 segundos montando o animal Tina Cody SMA . Ela passou a ocupar a terceira posição no ranking geral do campeonato da ANTT com 760 pontos.
Daiane Sudário de São José do Rio Preto/SP está em primeiro lugar com 920 pontos, seguida por Analu Lobo da cidade de Espírito Santo do Pinhal/SP com 780 pontos.

A disputa do lugar mais alto do pódio foi competidíssima em todas as modalidades no penúltimo dia de montarias e a noite na arena encerrou ao som do esperado show da cantora Mariah Carey.

domingo, 22 de agosto de 2010

Obra do Calçadão apresenta muitas irregularidades, mas as explicações não são convincentes, Analândia -SP

Durante alguns meses os cidadãos Analandenses e os turistas tiveram grandes transtornos no centro da cidade, devido aos buracos da obra da cobertura do calçadão,  tudo superável com a promessa de que seriam temporários, mas hoje vemos que foi só transtornos.

A prefeitura contratou um projetista a custo  de ouro, R$ 37.000,00 ,o Sr Cláudio Augusto Tomazela para elaborar e calcular o projeto, obra discutível, quanto a  melhora que traria  para a vida do cidadão Analandense.

 O caso é que o projeto foi de boa qualidade e não deve ser contestado tecnicamente, pois fora feito por Engenheiro competente, amparado por sondagem do solo e devidamente calculado para suportar a devida carga e tração  a que seria submetido.

O que nos deixa pensativo sobre a empresa  Paulo A. M. Ribeiro ME é que ela executou a visita técnica para tirar qualquer dúvida operacional entre o projeto e a exequibilidade da obra, ou seja, este seria o momento adequado para se fazer as peguntas pertinentes à obra e ponderar a real capacidade de realização da mesma.

O fato é que a Empresa iniciou as obras, executando-as em total desacordo com caríssimo projeto, colocando em risco a qualidade do empreendimento, isso tudo em comum acordo com a prefeitura, que no contrato assumiu " a função de fiscalizar ", dever que não precisaria ser  objeto de contrato.

  Outro ponto que podemos abordar é que o poder executivo não pode alegar ignorância, pois exibe em seu quadro de funcionários dois  Engenheiros Civís que  NÃO DEVERIAM TER PERMITIDO O INíCIO DAS OBRAS, ( ordem de serviço de 22/02/2010 assinado pelo Engenheiro civil Paulo Ricardo Monti Pinheiro crea 147610/0)  pois o maquinário apresentado não era compatível para realizar a obra projetada.

 O  Sr Paulo A. M.Ribeiro, profissional de mais de 35 anos de experiência, segundo depoimento próprio, sente-se lesado, pois executou parte da obra mesmo em desacordo com o projeto, em comum acordo com a prefeitura , o que lhe custou muito trabalho, 10 caminhões de concreto, além de ferragens, prejuizo de  muitos milhares de reais, mas pelo fato de ser Engenheiro Civil  assumiu o risco, não lhe sendo possível alegar que não sabia o que estava fazendo.

O  assessor do prefeito, o Sr José Roberto Perin ex prefeito que recebeu o dinheiro em 2008 e também não conseguiu realizar a obra, mas se pronunciou no jornal tribuna livre do dia 21/08/2010 e disse:

-Que "achou por bem atender um pedido dos vereadores aliados, que estão preocupados e irá iniciar um processo administrativo para cancelar o contrato ", mas como ele pode achar alguma coisa, atender ou não atender se está tudo errado ?  O caso é de justiça.

 -E faz outro pronunciamento dizendo  que 1 dos problemas é que, ele mesmo afirma que são muitos, "as medições estavam erradas", algo contraditório, pois logo a frente ele afirma" os maquinários pesados poderiam danificar o piso", oras como ele queria uma medição correta se a máquina utilizada estava errada ?  E ainda justifica o  erro .O caso é que não se trata mais de querer ou não querer anular, a obra não será realizada, pois apresenta sérios problemas que colocariam em risco vidas e muito dinheiro público, coisa que parece nào se importar.

- O assessor se refere aos vereadores aliados  quando diz: " os vereadores aliados estão dando apoio incondicional"  , o que não é bom,  pois estes deveriam somente apoiar as ações do executivo com a condição de  que estas fossem corretas. Mais um ponto que chama a atenção é quando o assessor se refere aos vereadores aliados, "estão preocupados", mas nenhum dos dito aliados compareceram na sessão que trataria deste assunto, qual a preocupação deles?  Estiveram de férias por 2 meses, exceto  alguns por motivos de doença não puderam comparecer, mas alguns deles foram vistos no outro dia trabalhando normalmente em outros afazeres que não o de vereador, que lhes rende R$ 1.800,00 mensais.
Mas quem realmente estiveram preocupados  foram os cidadãos que comparesseram  à sessão para tentar a  solução do caso e  através da Ong Amasa  conseguiram identificar os problemas,  que elaborando parecer, entregou cópias a todos os vereadores , sendo que  muitos que  se dizem  preocupados  nem  ao menos apareceu  na sessão, muito menos fizeram até agora qualquer pronunciamento sobre o caso , deixando este encargo ao ex prefeito, o qual fica em evidência, sendo o maior responsável por tudo.


 - Quanto ao processo licitatório tudo leva a crer que foi dirigido,  o que o  torna nulo e  pode ser acionado por qualquer cidadão, direito constitucional que o cidadão já está informado e saberá usá-lo, não precisando do poder executivo entrar em ação, visto ser ele o grande responsável pelo ocorrido, deixando muitas dúvidas sobre a sua real competência.

- O prefeito não se pronunciou, parece até não estar preocupado com o que está assinando, quem se manisfesta é o ex-prefeito , que em sua longa trajetória política demonstra desgaste, falta de crediiblidade  e condenações judiciais que já causam grandes prejuizos aos cofres.

O problema  se agrava a cada dia, ao ver que irregularidades em processos licitatórios em Analândia  são mais comuns do que se imaginava e até a assessora jurídica diz "O processo de licitação da obra aconteceu dentro dos padrões normais", o que causa mais medo ainda, a pergunta é,  isso é normal ?  Um exemplo é a av 8, julgada irregular pelo Tribunal de Contas do Estado apresenta muitos casos de superfaturamento e pagamento a mais por serviços não realizados, e outros casos que irão aparecer.

 A grande preocupação é com o futuro de nossa cidade, pois precisamos sim de obras, mas de qualidade, que somente teremos se conseguirmos efetivamente a competitividade  entre as empresas que  realizam as mesmas.

 Precisamos  ter melhor CUSTO BENEFÍCIO nas obras de nossas cidade, quadro que em nada se parece com a realidade atual, pois somente se consegue com a realização de licitações justas, que não deixem brechas para eventuais desvios de dinheiro público.

sábado, 21 de agosto de 2010

Via de acesso Antonio Vivaldini será remodelada - Analândia -SP

A  empresa Concerge realizará a obra , as obras se iniciaram dia 18/08/2010 .

A remodelação prevê a implantação de uma rotatória para facilitar a  entrada no bairro Jardim Bela Vista e teremos também um mirante.

É muito bom termos obras que melhoram a infraestrutura de nossa cidade, mas devemos sempre pensar em obra de boa qualidade, pois estas devem durar muitos anos.


sexta-feira, 20 de agosto de 2010

TJ-RJ discute se advogado pode gravar audiência com juiz

TJ-RJ discute se advogado pode gravar audiência com juiz

Por Marina Ito

A discussão sobre a possibilidade de gravação de audiências marcou a última sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Isso porque há a suspeita de o advogado Cláudio Luiz Lobo ter gravado audiência com o juiz Luis Antônio Nascimento.

Lobo entrou com uma representação no TJ fluminense contra Nascimento por ter se sentido ofendido pelo juiz durante audiência. No julgamento da representação, o advogado transcreveu trechos da audiência em que o juiz teria se excedido. Apesar de ter garantido que reproduziu os trechos da audiência de memória, o advogado deixou a dúvida de que teria gravado a sessão.

O corregedor do TJ, desembargador Luiz Zveiter, votou pelo arquivamento da representação. Segundo ele, a transcrição da audiência, apresentada na representação, mostra que o advogado e o juiz participaram de uma sessão tensa, mas a simples transcrição não mostrou que houve excesso.

“Se há um consenso de que há uma gravação, a prova não será aproveitada”, afirmou o desembargador Manuel Alberto, um dos 12 a acompanhar o voto de Zveiter. Para Manuel Alberto, é preciso analisar o que está acontecendo para um juiz ser sistematicamente acionado, mas nesse caso o juiz parece ter sido vítima.

Voto vencido, o desembargador Marcus Faver afirmou que havia indícios para receber e processar a representação. O desembargador levou em consideração o fato de existir 10 representações contra o juiz, todas com o mesmo fundamento: desrespeito aos advogados. Ainda de acordo com Faver, havia sinais de que a audiência tinha sido gravada e essa seria uma questão que o tribunal teria de encarar.

Outros cinco desembargadores acompanharam o voto de Faver, entre eles, a desembargadora Telma Diuana. “Se houve ou não gravação, este não é o momento para se decidir isso”, afirmou, constatando que havia indícios de abuso de poder e fatos a ser apurados.

Legalidade da gravação

Segundo o vice-presidente da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas (Cdap) da OAB fluminense, Breno Melaragno Costa, não há norma que proíba a gravação de audiências. Melaragno explica que alguns juízes não permitem a gravação sob a alegação de que quem preside o ato é o juiz e, portanto, cabe a ele decidir se é permitido ou não gravar a audiência.

Para o advogado Fernando Augusto Fernandes, que já atuou em ações que discutiam a legalidade de gravações junto ao Supremo Tribunal Federal e ao Superior Tribunal de Justiça, a gravação de audiência é legal, pois a sessão é pública. Se for sigilosa, o advogado que dela participa também poderá gravá-la, desde que não a divulgue. “Não só é legal, como é freqüente e normal”, afirma. Fernandes explicou que o advogado não precisa avisar que está gravando a audiência, mas o juiz é obrigado a informar sobre a gravação na área penal.

Segundo Fernandes, as autoridades públicas estão acostumadas a autorizar gravações, mas se vêem ameaçadas quando há a possibilidade de serem gravadas. “Tudo o que a autoridade fala é público e pode ser gravado”, constata. O advogado explica que a restrição de gravação de uma audiência só é válida se for para preservar a imagem do acusado. “O Estado tem de ser transparente e a autoridade não pode ter medo de gravação”, conclui.

Para o advogado Luis Guilherme Vieira, em tese, não há ilegalidade em se gravar uma audiência pública. “Nos tribunais superiores, há gravação e nota taquigráfica”, afirmou. Segundo ele, os julgamentos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) são gravados e a tendência é dar publicidade aos atos processuais.

No caso, um advogado pode gravar a audiência, mas a gravação por si só não levará à condenação do juiz, já que terá de ser analisada para descobrir se houve excesso. De acordo com Breno Melaragno, a transcrição de uma audiência não é uma prova incontestável. Mas se há uma gravação, o Tribunal de Justiça pode aceitá-la como prova e determinar a realização de um laudo pericial para saber se a voz é do juiz, se não há montagem na gravação e, por fim, decidir se houve ou não abuso no tratamento do juiz com os advogados.

Procurado pela Consultor Jurídico, o advogado Cláudio Lôbo confirmou o conteúdo da transcrição, mas negou que tenha gravado a audiência. Segundo ele, quem disse que houve gravação foi a defesa do juiz. Cláudio Lôbo afirmou que há testemunha que confirma o que ocorreu na audiência. Ele disse que pretende levar o caso ao CNJ.

CÂMARA JOVEM


Estes são os novos jovens vereadores, desejamos que tenham sucesso neste novo desafio, mas lembrem sejam honestos com o povo e com vocês, trabalhem em prol da coletividade.


Da esquerda para a direita Rodrigo Balerini, Adriano Bezerra, Evaldo Nalim, Valentina, Leandro Santarpio, Eliana P. Gregoraci, Ligia Marchesani, Sg Marquizeli com sua filha Pâmela.


Estes foram os vereadores que estiveram presente, mais uma vez não vimos 5 dos nove vereadores, esperamos que estejam  gozando de boa saúde.
Parabéns a todos que estão empenhados neste projeto, pois somente com uma educação voltada para a formação de vereadores é que conseguiremos ter um poder legislativo realmente digno.

Escolinha da Serra - Analândia - SP


Foto da Escola da Serra na Fazenda dos Bertoli

Esta escola tem muita História, será ótimo resgatá-la, na foto não é possível ver uma parte que já foi demolida, que é justamente na continuidade da que ficou e era do mesmo tamanho..... Ali também existe um poço. 

 Esta escola chamava-se ou chama ainda  ALBERTO CRESTANA e todos os moradores antigos do alto da serra estudaram nela.

 A Prof. Terezinha (esposa do Sr. César Chiari) lecionou lá por muitos anos. 

 Estudaram lá os familiares dos Garbuio, Chiari, Santarpio, Stroze, Vani, Perin, Sandre, etc.

Quem tiver mais informações por favor nos ajude a resgatar.

 A Equipe do Blog Unidos por Analândia agradece.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Analândia, vamos cuidar para que isso não aconteça aqui também!!!



Estádio que desabou em Corumbataí.

Este mau exemplo aconteceu em Corumbataí, e se não cuidarmos logo teremos um caso como esse em Analândia.
Isso poderia ter acontecido com a cobertura do calçadão, mas graças a fiscalização da Ong Amasa isso não aconteceu.
O caso é que as obras públicas em Analândia deixam sempre a desejar, péssima qualidade  e investimento alto.
No caso do calçadão pagamos R$ 37.000,00  no projeto, e a obra saiu em total desacordo, e o pior os dois Engenheiros da prefeitura onde estavam? Por que deixaram a obra iniciar? 
Parabéns ao trabalho da Ong Amasa, parabéns ao povo de Analândia que se organizou pois se recusa a continuar sendo enganado.

Câmara jovem! Participem.

Convite:




A Câmara Municipal da Estância Climática de Analândia, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação, tem a honra de convidar Vossa Senhoria e família para a Sessão Solene de Posse da 2º Legislatura da Câmara Jovem.

LOCAL: Plenário da Câmara Municipal, Avenida Um, n° 317 - Centro

DIA: 19/08/2010 quinta-feira

HORÁRIO: 20:00 HS.



A presença de Vossa Senhoria e Exma. Família em muito nos honrará.


Cordialmente,

Leandro Eduardo Santarpio

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Piratuba - SC Um exemplo de cidade turística!!!


 CASCATA DO MONGE

 Passeando pelo sul do nosso país, Piratuba em Santa Catarina, aproximadamente 970 km de distância de Analândia, temos um exemplo de cidade turística que visa qualidade de vidae bem estar da população. Com uma população com cerca de 4.446 habitantes e área  territorial de 145,7 (km²) a cidade preserva seus atrativos turísticos e sua população em plena harmonia e felicidade.
Ruas limpas, pontos turísticos e seus acessos bem cuidados e em ótimas condições, deixa claro que a administração municipal trabalha e muito para valorizar o seu bem maior, a sua cidade e o seu povo!
Uma cidade turística bem cuidada traz mais turistas, movimenta a economia   e faz o seu povo se sentir orgulhoso de morar em uma cidade linda e atraente.
Podemos observar que seus gestores se preocupam com a publicidade de seus atos, visto que em seu site estão disponíveis links atualizados até junho de 2010 com as contas públicas da cidade, com os contratos firmados pela prefeitura, basta clicar que qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo poderá acompanhar as atividades da administração municipal local. Além de contar com um link que demonstra a abertura de processos licitatórios a serem realizados e processos já concluidos, um link com o cadastro dos fornecedores, atas de preços, tudo muito transparente pra quem quiser conferir.
Um verdadeiro exemplo a ser seguido!
É isso que o povo espera dos seus representantes, políticas públicas que beneficiem a população, com transparência e eficiência.
Parabéns Piratuba!!!



MARIA FUMAÇA


CASA COLONIAL

Aqui em Analândia acontece isso ?

“O PROCESSO DE CONCORRÊNCIA NÃO DEVE SER UMA COMÉDIA, MAIS OU MENOS REPRESENTADA, ANTES DO INÍCIO DA QUAL JÁ SE SABE QUEM SERÁ O CANDIDATO ESCOLHIDO. O PERIGO NA SOLICITAÇÃO DAS PROPOSTAS ESTÁ EM QUE ELA PODE SER REBAIXADA A NÍVEL DE PALHAÇADA ( MASCARADE ) QUE SIRVA PARA CAMUFLAR, SOB O PRETEXTO DE JULGAMENTOS IMPARCIAIS, ESCOLHAS SUBJETIVAS”.

 Traduzimos Francis-Paul Bénît

terça-feira, 17 de agosto de 2010

O CAMINHÃO PIPA ESTÁ TRABALHANDO


Analândia ganhou do governo do Estado este lindo caminhão pipa, e já está trabalhando.
Esperamos também que este caminhão faça a manutenção preventiva  nas estradas de terra, principalmente nesta época, pois se fizerem a manutenção preventiva agora, quando o período chuvoso chegar não teremos carros e caminhões encalhados.

JÁ NÃO ERA SEM TEMPO: Josan instala grades em bueiros



Funcionários da empresa Josan estão instalando grades nas bocas de lobo, o dispositivo serve para impedir que o lixo se acumule e cause entupimentos.

Funcionários da Prefeitura estão refazendo o calçadão, mais uma operação tapa "buracos"


Hoje dia 16-08-2010, os funcionários da prefeitura iniciaram mais uma vez uma operação "tapa buracos" diante das decisões e da má administração pública da nossa cidade. Eles retomaram o conserto do calçadão, pois estava horrível. 
O caso da cobertura do calçadão representa os reais interesses da administração pública, contratou uma empresa sem capacitação técnica para realizar esse tipo de obra, em desacordo com o projeto tentou realizar a obra sem que ninguém percebesse, mas acabaram quebrando a cara.
Agora para tentar escapar da enrascada, querem que acreditemos que a empresa desistiu da obra e para isso realizarão nova licitação. 
Essa é mais uma mentira oficial, e quem tapa os buracos são os nossos funcionários públicos.

Acorda Povo

Em 2010, senadores candidatos usam mais verba para divulgar mandatos do que senadores não candidatos

Quarenta e quatro senadores que concorrem às eleições de outubro gastaram juntos cerca de R$ 1 milhão entre janeiro e julho com divulgação do mandato parlamentar, de acordo com dados do projeto Excelências (http://www.excelencias.org.br), da Transparência Brasil.

Cada senador candidato embolsou no período R$ 22 mil em média a título de ressarcimento por uso da verba dita “indenizatória” em consultorias (que incluem marqueteiros, assessores de imprensa etc.) e divulgação do mandato, quantia 48% maior do que o montante médio utilizado por cada senador não candidato.

Entre os quatro maiores partidos, o DEM reúne os senadores com maiores gastos em divulgação de mandato: despesa média de R$ 39 mil, quase o dobro dos gastos médios dos senadores do PMDB (R$ 21 mil), mais do que o dobro dos senadores do PSDB (R$ 17 mil) e quase o quádruplo do PT (R$ 10 mil).

As cinco bancadas estaduais que mais gastaram em divulgação reúnem os senadores do Distrito Federal, Alagoas, Tocantins, Rio Grande do Norte e Piauí. Por outro lado, as cinco bancadas com menos despesas apresentadas são as de São Paulo, Roraima, Sergipe, Espírito Santo e Minas Gerais.

FANTÁSTICO MOSTRA QUE CONTRIBUINTE BANCA VIAGEM DE VEREADORES

video

Fantástico denúncia um escândalo: uma farra com o dinheiro do contribuinte. Um grupo de pessoas aparece curtindo umas fériazinhas, que, entre outras atrações, incluem um passeio nas Cataratas do Iguaçu. E sabe quem pagou a conta? Os contribuintes brasileiros.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

SERÁ QUE SÓ O POVO DE BEM DE ANALÂNDIA QUE É REFÉM DAS PRÓPRIAS ATITUDES?


Essa foi a matéria publicada nesse último fim de semana pelo Jornal Regional.

Vivemos em uma democracia,  isso nos permite assumir posturas e lados, independente se isso será a favor ou contra a administração atual.

Jornal serve para formar opinião, e que tipo de opinião será formada diante dessa matéria???

 Pessoas submissas, que não lutam por seus direitos, que não fiscalizam, acomodadas que dizem sim senhor, me desculpem.
Analândia cansou, pessoas estão lutando pelo bem, independente de partido. Depois de anos de comodismo, ameaças, a população cansada resolveu reivindicar e cobrar por uma postura mais ética e transparente de seus representantes, o que isso tem de tão ameaçador?

Não houve ameaça de manifestação, pois todos os vereadores estavam cientes de que haveria um protesto, se fugiram da sessão foi por puro medo de encarar uma população consciente dos seus direitos de cidadão.

 Um protesto bem organizado e pacífico, o que os vereadores tinham a temer???

Não podemos fechar os olhos e acreditar que a luta é apenas política. E dessa forma somos mesmo reféns das nossas próprias atitudes, mas se for para o bem comum de Analândia, estamos dispostos a pagar o preço.

A administração pública tem o dever de atuar com ética, eficiência, transparência, legalidade, impessoalidade e moralidade.

Enquanto o povo tem o direito de fiscalizar e cobrar por uma administração séria que beneficie o bem comum do povo.

Parabéns a todos que estiveram presentes!

ANALÂNDIA ESTÁ INDIGNADA!!! MAS ESTÁ NO CAMINHO DO BEM!!!

Enquanto muitos  insistem em culpar os manifestos populares pelos problemas da cidade. Em dizer que os manifestantes são arruaceiros, que o motivo da sua luta é política, temos cidadãos de bem que se posicionam e mostram o que realmente é o movimento, o que o povo realmente quer: democracia, cidadania, justiça e transparência!!!

"Quando o lugar mais alto que os seus olhos com DIGNIDADE puder alcançar for a ponta dos seus pés....
....é porque ainda lhe resta alguma saída,
....é porque você ainda sabe o que significa a DIGNIDADE"

O que determina o nosso conceito na sociedade, são as nossas escolhas.
Em função delas seremos ignorados ou exaltados, honrados ou desprezados.
Nossas escolhas determinam quem nós somos e certamente influenciará todo o futuro da nossa querida família.
Diante da mesma situação as pessoas fazem escolhas muito diferentes.
Para aqueles que ainda tinham dúvidas agora puderam claramente identificar o que significa o processo da escolha e serão capazes de dizer, quais foram os fundamentos que os Nobres Edis se utilizaram para tomar atitudes tão diferentes diante do mesmo problema.
De um lado - OS VERDADEIROS VEREADORES. Estes com gestos simples conseguiram de toda uma cidade: respeito, prestígio, e dignidade e mais 1.800 reais.
Do outro lado - A BANDA PODRE, conseguiu com as suas atitudes frente a mesma população: desprezo e vergonha e "os mesmos 1.800 reais".
Nobres Veradores a pressão existe para os dois lados.
O que diferenciou toda essa situação, foram os fundamentos que sustentaram as suas próprias escolhas.
De um lado a base da escolha foi: a honestidade, a ética, a moral, o compromisso humano e social.
Do outro lado a sustentação da escolha foi: o egoismo, a corrupção, a falta de caráter e a submissão.
Atender aos dois lados ao mesmo tempo não dá, foi necessário fazer uma escolha.
A escolha foi feita e todo mundo sabe qual foi.
Agora dúvidas já não existem mais.
Quando o tempo passar e você ou alguem da sua famíla for amplamente valorizado ou totalmente desprezado, digo a vocês INFELIZES da BANDA PODRE que não fiquem intimidados ao dizer que essas atitudes foram um presente seu, para o futuro da sua cidade que essas atitudes foram naquele momento, as melhores escolhas que você poderia ter tomado e conviva para sempre com o respeito ou o desprezo de toda a sociedade.

Comentário Postado por um anônimo.

domingo, 15 de agosto de 2010

ATENÇÃO SÓ VOTEM EM FICHA LIMPA!!!

O BRASIL VIVE UM MOMENTO HISTÓRICO COM A APROVAÇÃO DA LEI DA FICHA LIMPA, E OS LIDERES POLÍTICOS DE ANTONINA DO NORTE TEIMAM EM APOIAR CANDIDATOS COM FICHA SUJA, ISSO E VERGONHOSO!!!
CONFIRAM!!!



É uma pena que as lideranças politicas do nosso município não acompanhem as mudanças que vem acontecendo em todo pais e continuem a apoiar os mesmos candidatos que há anos são votados em Antonina do Norte e nada fizeram e nada fizeram pelo nosso povo.
E o pior de tudo e que estes políticos são comprovadamente fichas sujas, e todos estão com suas candidaturas impugnadas pelo TRE - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL, que apesar de estarem com recurso no TSE - TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, e estarem provisoriamente candidatos, podendo ate conseguir o registro das suas candidaturas, não os fazem fichas limpas, são fichas sujas do mesmo jeito, e o eleitor tem que ter consciência disso e não votar nestes candidatos.



PERBOYRE DIOGENES - FICHA SUJA, contas desaprovadas pelo TCM - TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS quando era prefeito de Saboeiro, condenado pela Justiça Federal por desvio de recursos públicos quando foi prefeito de Saboeiro, condenado pelo TSE por compra de votos nas eleições de 2006 quando concorreu a deputado estadual, teve a sua candidatura impugnada pelo TRE e recorreu ao TSE.
Perboyre esta sendo apoiado pelo grupo politico derrotado nas eleições municipais de 2008, cujo candidato Dr. Joaquim Arrais briga na justiça para cassar o prefeito Edson Afonso acusado de compra de votos.
O próprio candidato Dr. Joaquim Arrais e sua família, não se sabe se apoiam Perboyre Diogenes, acreditamos que não pois seria muito contraditorio, pois estar buscando estes direitos na justiça e compactuar com candidatos fichas sujas seria muito vergonhoso.



MANOEL SALVIANO - FICHA SUJA, Teve contas desaprovadas no TCM - TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICIPIOS quando foi prefeito de Juazeiro do Norte, foi também condenado pela Justiça federal por desvio de recursos públicos quando foi prefeito de Juazeiro do Norte, esta com sua candidatura impugnada no TRE e esta recorrendo ao TSE.
Este e outro que toda eleição e votado pelo povo de Antonina, e nunca fez nada por Antonina do Norte, também e apoiado pelo grupo que apoia Perboyre Diogenes.


SINEVAL ROQUE - FICHA SUJA, Teve contas desaprovadas no TCM - TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS quando foi prefeito de Antonina do Norte, também teve sua candidatura impugnada pelo TRE e esta recorrendo ao TSE.
Sineval Roque chegou em Antonina do Norte em 1992, com pose de empresário e prometendo mundos e fundos,dizia que se fosse eleito que os filhos de Antonina não precisariam mais ir embora, pois iria montar uma fabrica em nosso município, foi eleito e construiu a fabrica, mas no Crato.
O que Sineval fez pelo nosso município foi implantar uma politica sebosa em nossa cidade, que viciou a população ao habito de so votar em troca de favores, vantagens e dinheiro, depois que terminou o mandato de prefeito transferiu seu domicilio eleitoral para a cidade de Crato onde por duas vezes tentou conquistar aquela prefeitura, mas o povo do Crato não e besta.
Sineval foi embora para o Crato e deixou o irmão Iteido Roque no seu lugar na prefeitura, que apoiava sua candidatura a deputado em todas as eleições, mas uma briga pelo poder separou os dois na politica, e hoje Sineval esta sendo apoiado pelo prefeito Edson Afonso, que foi apoiado por Iteildo Roque nas ultimas eleições e que por divergências politicas estão também afastados.
Os candidatos apoiados pelo ex-prefeito Iteildo Roque ate o momento nada contra eles foi divulgado pelos Tribunais.

IDEB de Analândia, temos muito pra melhorar!!!

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado em 2007 para medir a qualidade de cada escola e de cada rede de ensino. O indicador é calculado com base no desempenho do estudante em avaliações do Inep e em taxas de aprovação. Assim, para que o Ideb de uma escola ou rede cresça é preciso que o aluno aprenda, não repita o ano e frequente a sala de aula.
Para que pais e responsáveis acompanhem o desempenho da escola de seus filhos, basta verificar o Ideb da instituição, que é apresentado numa escala de zero a dez. Da mesma forma, gestores acompanham o trabalho das secretarias municipais e estaduais pela melhoria da educação.
O índice é medido a cada dois anos e o objetivo é que o país, a partir do alcance das metas municipais e estaduais, tenha nota 6 em 2022 – correspondente à qualidade do ensino em países desenvolvidos.

Consulte seu Ideb:


E no link abaixo tem a classificação de Analândia no ranking do Estado de São Paulo em 185º e entre as cidades do Brasil está em 542.


Acho que temos muito o que melhorar ainda, vocês também não acham???

Será que temos problemas???

Temos problema com a  mentira, não com a verdade, transparência e a luz.
Com promessas não cumpridas, com a má administração municipal, com a falta de interesse em solucionar os problemas para a população.
Com a má qualidade dos serviços públicos.
Com o não reconhecimento da atual situação da nossa cidade.
Com a falta de ética e responsabilidade com o povo.
Com a falta de vereadores interessados em resolver os problemas da população.
Com a imprensa regional que insiste em apoiar sem ética alguma, as pessoas que mentem, roubam e impendem as informações verdadeiras de chegar a população.

Será mesmo que  não temos problemas???
Até quando permaneceremos na injustiça, na impunidade  e na escuridão???
Até quando as autoridades fecharão os olhos diante dessa situação???
Promotores, juizes, por favor, já está na ahora de atentar para os problemas da nossa cidade e de priorizar soluções.