sexta-feira, 31 de dezembro de 2010


Para sonhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre .



 Carlos Drummond de Andrade


Feliz  ano novo à todos  são os votos da Equipe de Administradores do Blog Unidos por Analândia, que sente ter cumprido sua função e temos certeza que em 2011 estaremos juntos!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

CONFERÊNCIA ANTICORRUPÇÃO EM 2012 SERÁ SEDIADA PELO BRASIL E ORGANIZADA PELA AMARRIBO



Em 2012 o Brasil será pequeno para o combate a corrupção!!!
A Conferência Internacional Anticorrupção que ocorre a cada dois anos será realizada no Brasil em 2012!!!
Como o Brasil vem crescendo nas atividades de combate a corrupção foi escolhido no último dia 15 para ser a sede desse evento.
E será organizada pela Amarribo.
Mais uma conquista no combate a corrupção!!!


Brasil será sede da próxima Conferência Internacional Anticorrupção

12/11/2010

Representantes da Controladoria-Geral da União (CGU) participam nesta semana, em Bangcoc, na Tailândia, da 14ª Conferência Internacional Anticorrupção (IACC), promovida pela Transparência Internacional, com o objetivo de analisar as conseqüências da corrupção para a boa governança e para as questões sociais, políticas, econômicas e ambientais, que definem e garantem um futuro sustentável para todos.
O ministro-chefe da CGU, Jorge Hage, convidado de honra do evento, apresentará, durante a Conferência, os avanços alcançados pelo Brasil nos últimos anos na luta contra a corrupção, com destaque para as ações de incremento da transparência pública. Hage anunciará que o Brasil, aceitando convite feito pela Transparência Internacional, será o país sede da 15ª IACC, a ser realizada em 2012.
Em Bangcoc, líderes e especialistas de todo o mundo estarão discutindo temas e propondo soluções para quatro grandes desafios globais: o restabelecimento da confiança para a paz e a segurança; a promoção da transparência e da accountabilitty nos mercados energéticos e de recursos naturais; a governabilidade em matéria climática para assegurar um compromisso coletivo; e o fortalecimento da ação global para promoção da responsabilidade corporativa.
A diretora de Prevenção da Corrupção da CGU, Vânia Vieira, participará de dois workshops na Conferência: um em que discutirá, na condição de presidente do Comitê de Peritos do Mecanismo de Acompanhamento da Implementação da Convenção Interamericana contra a Corrupção (Mesicic), os desafios para a implementação, pelos estados parte, dos dispositivos contidos na convenção, e outro em que apresentará a experiência da CGU no fortalecimento da responsabilidade corporativa para a promoção da ética e da integridade.
A IACC acontece a cada dois anos e se constitui hoje no principal fórum mundial sobre o assunto, reunindo, em média, 1,5 mil pessoas, de 135 países, entre chefes de estado, representantes de governos, sociedade civil, acadêmicos, jornalistas e setor privado, com o objetivo de discutir planos e estratégias para a prevenção e o combate a corrupção, tanto em nível global, quanto nacional e local. A Conferência também tem fomentado o intercâmbio global de experiências e metodologias para controlar a corrupção e proporcionado a cooperação internacional entre governos, empresas e cidadãos de todas as partes do mundo.

Informações mais detalhadas sobre a IACC podem ser obtidas em: www.iacconference.org

Assessoria de Comunicação Social

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

O Último Julgamento

Composição: Leo Canhoto E Robertinho
Milionário e José Rico


Senta aqui neste banco pertinho de mim,
Vamos conversar,
Será que você tem coragem,
De olhar nos meus olhos e me encarar.
Agora chegou sua hora,
Chegou sua vez você vai pagar,
Eu sou a própria verdade,
Chegou o momento eu vou te julgar.
Pedi pra você não matar,
Nem para roubar, roubou e matou.
Pedi para você agasalhar, a quem tem frio,
Você não agasalhou.
Pedi para não levantar, falso testemunho,
Você levantou...
A vida de muitos coitados, você destruiu,
Você arrasou.

Meu pai lhe deu inteligência, para salvar vida,
Você não salvou.
Em vez de curar os enfermos,
Armas nucleares você fabricou,
Usando sua capacidade, você destruiu
Você se condenou.
A sua ganância foi tanta,
Que a você mesmo exterminou.
O avião que você inventou... foi para levar,
A paz e a esperança,
Não para matar os seus irmãos
Nem para jogar bombas
Nas minhas crianças.
Foi você quem causou esta guerra,
Destruiu a terra dos seus ancestrais.
Você é chamado de homem.
Mais é o pior dos animais.
Agora que está acabado para sempre,
Vou ver se você é culpado ou inocente,
Você é o monstro covarde e profano,
E um grão de areia frente ao oceano.
Seu ouro falou alto você tudo comprou,
Pisou nos mandamentos que a lei santa ensinou,
A mim você não compra com o dinheiro seu,
Eu sou o Jesus Cristo o Filho de Deus...

Acesse o link: http://www.vagalume.com.br/milionario-e-jose-rico/o-ultimo-julgamento.html

MINISTÉRIO PÚBLICO DENUNCIA SUSPEITOS DE MATAR VEREADOR EM ANALÂNDIA - RECORD

QUANDO O PODER CORROMPE


Esly Regina de Carvalho

Escutei certa vez que se quisermos saber como é o caráter de uma pessoa, dê-lhe poder. Fiquei intrigada com o pensamento. Normalmente pensaríamos que dinheiro ou sexo seriam mais capazes de deturpar a integridade do caráter pessoal. Mas refletindo bem, achei que o comentário procede.
Com o poder as pessoas acham que podem conseguir as outras coisas, entre elas dinheiro, sexo, e fama. Pouco a pouco, se descuidam vai corrompendo seus valores em função de se manter no poder: a fonte das outras coisas às quais vai se acostumando rápido demais.
Poder significa a capacidade de controlar o meio-ambiente ou as ações de outras pessoas. Em si, não é necessariamente bom nem mau, o que determina este juízo de valor é a maneira em que é empregado e para quais finalidades.
Por que o poder tem o poder de corromper?
É sedutor. Ver que se é capaz de fazer as pessoas obedecerem a seus comandos pode ser extremamente agradável, especialmente quando consideramos o nível de egoísmo ao que os seres humanos costuma estar sujeitos.
O poder é uma forma de se mimar a si mesmo: de conseguir os desejos, as vontades e caprichos. Nem sempre estes desejos são retos ou motivados pela integridade. É bem comum que o poder "suba para a cabeça" e mais uma vez, o egoísmo aparece para reger as vontades.
Quem sabe um dos aspectos feios do poder é que vai mudando as pessoas ao ponto que podem ser capazes de ferir e destruir aquilo e aqueles que mais amam. Muitas famílias se desfazem em função da corrida para alcançar ou se manter no poder. Tenho um amigo que costuma citar as palavras: "Vaidade - meu pecado predileto", do filme, Advogado do Diabo com Al Pacino e Keanu Reeves. E é essa vaidade que muitas vezes vai cegando as pessoas a ponto de perderem os valores que as nortearam durante suas vidas.
O poder pode trazer dinheiro e a ilusão de que tudo está a seu alcance. Muitos esportistas que vieram de famílias humildes perdem completamente a noção do que é o dinheiro e poucos anos depois que acaba sua capacidade de praticar seu esporte descobrem que os anos de gastos desenfreados lhe devolveram à pobreza em que começaram a vida. Poucos conseguem entender como é que alguém como Michael Jackson que ganhou o dinheiro com as vendas milionárias das suas músicas, se encontrou aos 50 anos com tamanha dívida que nem as apresentações programadas para os dias pouco antes da sua morte iriam conseguir zerar o monto dos gastos que ele gerou.
Poder também traz a sedução do sexo. Não falta gente para querer "subir na vida" às custas do dinheiro e poder dos outros, inescrupulosamente. De repente, o "poderoso" se dá conta que não só gastou seu dinheiro, mas "gastou" sua família e acaba sozinho, sem a estabilidade familiar da esposa e filhos que a retidão lhe assegurava.
E basta um mal passo para acabar com a fama... e fazer cair na infâmia, como vemos com frequencia entre os nossos políticos e governantes.
Saber lidar bem com o poder não é impossível. Pode-se fazer muita coisa boa quando souber não se vender à tentação do poder, mas é a verdadeira prova de fogo em relação à integridade do caráter.

***
Fonte:  http://www.institutojetro.com/
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Google Buzz

Poder ?

O Poder corrompe o caráter ou revela?



Caráter é o conjunto das qualidades e defeitos de um indivíduo, resultado de progressiva adaptação constitucional do sujeito às condições ambientais, familiares, pedagógicas e sociais e que determinaria a sua conduta e concepção moral.
Segundo o ditado popular, para conhecermos o caráter de alguém bastaria dar a ela poder ou dinheiro. Este entendimento teria por base a experiência do cotidiano, quando observamos pessoas que antes demonstravam “simpátia”, “humildade”, “paciência”, “tolerância”, “altruísmo” … e que após alcançarem uma determinado “status de poder”, “transformar-se-iam em pessoas arrogantes, impacientes, egoístas …
Com efeito, poderíamos afirmar que o poder corrompe o caráter, ceifando qualidades adquiridas/desenvolvidas no curso de uma vida? 
Estas qualidades morais seriam tão frágeis a ponto de implodirem diante de uma circunstância temporária de controle das ações de outras pessoas? 
Quem era humilde pode se transformar em soberbo? Ou tratava-se de um simulacro de humildade, que após condições favoráveis revelou um disfarçado arrogante? 
Sou fautor da crença de que na escala de progresso moral quem está no terceiro nível não passa inopinadamente para o sétimo (a natureza humana não “dá saltos”) e de que, aquele que está no terceiro não retorna para o segundo(o progresso moral é irreversível).
Somos o que somos, embora muitas vezes tentemos falsear a nossa identidade por meio da hipocrísia. 
O poder em si não corrompe o ser humano; ele apenas revela o verdadeiro caráter de quem o possui. 
O poder é apenas um instrumento para o bem ou para o mal, dependendo de quem o usa.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Reportagem EPTV


O Ministério Público de Analândia entrou com uma denúncia contra Luiz Carlos Perin e André Picanto, acusados de serem autores do assassinato do vereador Evaldo Nalim, morto em 9 de Outubro.


O irmão de Luiz, Beto Perin, chefe de gabinete da prefeitura e também vai responder a inquérito por suspeita de coação de testemunhas e ameaças contra o dirigente de uma Ong da cidade. (27/12/2010)

EPTV - Ministério Público indicia Chiba e André pela morte do Vereador Nalin em Analândia


MP denuncia dupla pela morte do vereador Nalim
André Picanto e Luiz Carlos Perin são acusados de serem autores do crime

27/12/2010 - 17:12
EPTV

O Ministério Público de Analândia entrou nesta segunda-feira (27) com denúncia contra Luiz Carlos Perin e André Picanto, acusados de serem autores do assassinato do vereador Evaldo Nalim, morto em 9 de Outubro. André Picanto está foragido e Luiz Carlos Perin está preso por suspeita de coagir testemunhas.
O irmão de Luiz, Beto Perin, é chefe de gabinete da prefeitura e também vai responder a inquérito por suspeita de coação de testemunhas e ameaças contra o dirigente de uma Ong da cidade.
Os advogados dos irmãos Perin informaram que os dois negam as acusações. Segundo eles, a dupla nunca ofereceu dinheiro para assassinato ou forçou testemunha a mudar o depoimento. Os advogados estudam ainda medidas judiciais em relação a esse novo inquérito.
Morte
O vereador foi morto com sete tiros em sua casa por dois homens que usavam capacetes para esconder os rostos. O político vinha recebendo ameaças. Em um discurso gravado durante uma sessão da Câmara de Vereadores, a vítima diz que uma das ameaças foi feita pelo ex-prefeito da cidade e atual chefe de gabinete, José Roberto Perin.
Na gravação, o vereador Evaldo Nalim acusa o ex-prefeito de perseguí-lo. “Está me ameaçando. Tendo em vista as perseguições que ele está fazendo com relação a minha pessoa, tentando me transferir de Analândia”, dizia um trecho. Perin negou todas as acusações.
Nalim questionou a prestação de contas da prefeitura, em 2008. Ele pedia à presidência da Câmara que as contas passassem por auditoria, além de investigar outros indícios de irregularidades.

NEGADA A LIMINAR DE HABEAUS CORPUS AO CHIBA!!!

Paciente:          Luiz Carlos Perin
Advogado: Guilherme San Juan Araujo 
Advogado: EDSON LUZ KNIPPEL 
Advogado: HENRIQUE ZELANTE RODRIGUES NETTO
Impetrante:       Guilherme San Juan Araujo
Movimentações          
Data                Movimento
27/12/2010                 Liminar
VISTOS.., INDEFIRO A LIMINAR, CABENDO A D. TURMA JULGADORA DECIDIR SOBRE A MATERIA EM SUA EXTENSÃO. REQUSITEM-SE AS INFORMAÇÕES COM URGENCIA, OUVINDO EM SEGUIDA A DOUTA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA. (A) MACHADO DE ANDRADE. REL.
27/12/2010                 Recebidos os Autos pelo Processamento de Grupos e Camaras
27/12/2010                 Conclusão ao Relator
23/12/2010                 Remetidos os Autos para Processamento Grupos e Câmaras - Com Despacho
despacho
23/12/2010                 Recebidos os Autos pelo Relator
Machado de Andrade
Subprocessos e Recursos       
Não há subprocessos ou recursos vinculados a este processo.
Petições diversas        
Data     Tipo
09/12/2010      Juntada de Documentos
09/12/2010      Juntada de Documentos
23/12/2010      Manifestação

Bênção Irlandesa










"Que o caminho seja brando a teus pés, o vento sopre leve em teus ombros.

 
 Que o sol brilhe cálido sobre tua face, as chuvas caiam serenas em teus campos.
 
 E até que eu de novo te veja, que Deus te guarde na palma das Suas mãos"

 

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Ex prefeito é investigado por suspeita de coagir testemunha - EPTV

Beto Perin estaria orientando testemunha a inocentar seu irmão da morte de vereador

21/12/2010 - 18:32

A polícia abriu um novo inquérito para apurar denúncias de que o ex-prefeito de Analândia, José Roberto Perin, teria orientado uma testemunha da morte do vereador Evaldo Nalim. Em uma gravação feita com a autorização do Ministério Público aparece uma voz atribuída ao ex-prefeito em que ele orienta a testemunha a inocentar o seu irmão, Luiz Perin, suspeito de ser o mandante do assassinato de Nalim.

http://eptv.globo.com/noticias/NOT,3,52,328507,Exprefeito+e+investigado+por+suspeita+de+coagir+testemunha.aspx

EPTV.com

Denúncia de compra de depoimento em Analândia - Record News


http://www.recordribeiraopreto.com.br/novo/sprecord/noticias_videos.asp?id=6381

Testemunha é comprada para mudar depoimento em Analândia !!!!

No dia 15 uma testemunha chave no caso da morte do vereador Nalin foi levada até a delegacia e ao Fórum de Itirapina  para mudar depoimento em favor de Chiba.

João Tendolini e Nelson Brito Junior foi quem levou a testemunha, estavam em frente ao Fórum de Itirapina dia 15, esperavam a testemunha que foi comprada para testemunhar em beneficio de Chiba.
A testemunha disse ter sido  levada até o escritório da Advogada Adriana P.Minholo dos Santos no centro de Rio Claro para receber orientação de  Beto Perin, no escritório a testemunha foi orientada sobre o que deveria dizer para livrar a cara de Chiba e incriminar algumas  pessoas.
O esquema desvendado revela o modo de ação destas pessoas, que não medem as consequências de seus atos. Muitos funcionários públicos da Prefeitura de Analândia respondem processo por prestar testemunho falso.


Baixe Foto0269.jpg (460,4 KB)
Edificio Columbia no centro de Rio Claro na rua 3 .


 Adriana P.Minholo dos Santos é  advogada da câmara municipal de Analândia, e seu escritório foi o local onde a testemunha disse que esteve para receber orientação sobre o que falar para enganar a justiça.

Hoje o carro de Beto Perin estava estacionado em frente ao Edificio Columbia, o motorista era Renato Carreteiro que estacionou o carro e entrou no prédio, Renato também esteve no dia 15 acompanhando a testemunha que foi coagida a mudar depoimento e mentir para ajudar Chiba.

Beto Perin tenta subornar testemunha

Testemunha grava suborno em Analândia-SP

José Maria Tomazela - O Estado de S.Paulo


O ex-prefeito e atual chefe de gabinete da Prefeitura de Analândia, José Roberto Perin (DEM), é acusado de ter subornado uma testemunha para depor em favor de seu irmão, Luiz Carlos Perin, preso sob a acusação de envolvimento na morte do vereador Evaldo José Nalin (PSDB). O vereador foi executado com sete tiros em outubro deste ano por dois homens que invadiram sua casa.
Ele denunciara na Câmara ter sido ameaçado pelo ex-prefeito.
A própria testemunha, que está sob proteção da polícia, gravou as tratativas com Perin e seus intermediários para que mudasse um depoimento desfavorável ao irmão preso. Em troca, o homem teria um emprego com carteira assinada na prefeitura e receberia, ainda, R$ 100 e uma cesta básica. A reportagem teve acesso ao conteúdo da fita, entregue ao Ministério Público Estadual (MPE).


Um funcionário da prefeitura, identificado como João, foi à casa da testemunha, em Analândia, para levá-la até a Delegacia Seccional de Rio Claro, onde deveria depor. No escritório dos advogados de Perin, um homem, que seria José Roberto Perin, orienta como deve ser o que chama de "armação". A testemunha deveria dizer que outro depoente, conhecido como Macaquinho, teria recebido dinheiro para incriminar Luiz Carlos. Em seguida, sugere que a testemunha incrimine o presidente da ONG Unidos por Analândia (Amasa), Vanderlei Vivaldini Júnior, conhecido pelo apelido de "Batata". No último dia 14, em depoimento ao promotor de Justiça Renato Fanin, a testemunha tinha afirmado que, em fevereiro de 2010, Luiz Carlos Perin, oferecera R$ 15 mil para que desse um sumiço em Vivaldini Júnior. O novo depoimento foi dado no dia 15, de forma espontânea, à polícia. Nele, a testemunha desmentiu o que dissera ao promotor.



http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20101223/not_imp657292,0.php


terça-feira, 21 de dezembro de 2010

EPTV - Ex-prefeito Beto Perin estaria orientando testemunha a inocentar seu irmão no caso da morte de vereador

Ex-prefeito é investigado por suspeita de coagir testemunha
Beto Perin estaria orientando testemunha a inocentar seu irmão no caso da morte de vereador

21/12/2010 - 18:32
EPTV

A polícia abriu um novo inquérito para apurar denúncias de que o ex-prefeito de Analândia, José Roberto Perin, teria orientado uma testemunha da morte do vereador Evaldo Nalim. Em uma gravação feita com a autorização do Ministério Público aparece uma voz atribuída ao ex-prefeito em que ele orienta a testemunha a inocentar o seu irmão, Luiz Perin, suspeito de ser o mandante do assassinato de Nalim.

Morte

O vereador foi morto com sete tiros em sua casa por dois homens que usavam capacetes para esconder os rostos, na noite de 9 de outubro. O político vinha recebendo ameaças. Em um discurso gravado durante uma sessão da Câmara de Vereadores, a vítima diz que uma das ameaças foi feita pelo ex-prefeito da cidade e atual chefe de gabinete, José Roberto Perin.
Na gravação, o vereador Evaldo Nalim acusa Perin de perseguí-lo. “Está me ameaçando. Tendo em vista as perseguições que ele está fazendo com relação a minha pessoa, tentando me transferir de Analândia”, dizia um trecho. Perin negou todas as acusações.
Nalim tinha um pedido de transferência feito pela prefeitura ao delegado seccional de Rio Claro. O vereador, que estava no primeiro mandato, questionou a prestação de contas da prefeitura, em 2008. Ele pedia à presidência da Câmara que as contas passassem por auditoria, além de investigar outros indícios de irregularidades.

Prisão

No dia 10 de novembro, a polícia prendeu Luiz Carlos Perin, conhecido como Chiba, por suspeita de coagir testemunhas do caso. Ele é irmão do ex-prefeito José Roberto Perin.
De acordo com a polícia, Luiz já era um dos suspeitos de envolvimento no crime. Dois dias antes do homicídio, ele foi visto em um posto de combustíveis entregando um pacote a dois motoqueiros.
Na ocasião, o acusado foi levado para a cadeia de Rio Claro.

Reconstituição

A polícia fez a reconstituição da morte de Nalim. Foram refeitos os passos dos suspeitos de matar o vereador. Dois policiais representaram os supostos assassinos.
Foi reproduzido o momento em que os bandidos invadiram a casa, com os rostos cobertos por capacetes e diante da mulher do vereador, dispararam contra ele. A viúva que também participou da reconstituição, contou em detalhes o que viu e ouviu enquanto o marido era executado.
De acordo com a investigação, os criminosos estiveram em uma praça da cidade cinco dias antes do crime, a poucos metros da casa de Nalin. Na ocasião eles foram abordados por um policial militar, que checou os documentos da dupla. Como não havia nada de errado liberou os suspeitos, mas os nomes deles ficaram registrados, o que ajudou a Polícia Civil na identificação.
Um dos homens que, supostamente atirou no vereador, está preso na Penitenciária de Itirapina. O outro suspeito já foi identificado, mas está foragido.


CARTA À ANALÂNDIA

Prefeitura de Analândia vive dias difíceis!!!!


Hoje quem precisou dos serviços de atendimento ao público da prefeitura municipal de Analândia deparou-se com  este cartaz que só atenderá ano de 2011.
Muitos cidadãos estão indignados com a falta de respeito, pois esse aviso poderia ter sido colocado antes,   para que o cidadão se programasse.
A prefeitura parece estar com muitos serviços internos. O que será que existe internamente que necessite de tanto tempo?
A prefeitura de Analândia vive dias difíceis, servidores estão se envolvendo em problemas sérios e que estão interferindo na administração, fato curioso que levanta a questão: onde está a diferenciação entre público e privado na prefeitura de nossa cidade?? Problemas pessoais não deveriam interferir no funcionamento da prefeitura municipal.
Qual será a verdadeira explicação para isso???
 O povo não engole mais essa de fechar a prefeitura para "serviços internos", mesmo porque na mesma época ano passado a prefeitura fechou com saldo positivo, conforme publicado no Jornal Regional e divulgado aqui no blog.
O que será que mudou em um ano??? Por que será que precisam de mais tempo para fechar o exercício novamente com um "suposto" saldo positivo???
Eta ano dificil !!!


domingo, 19 de dezembro de 2010

Carta de Analândia


      A insegurança que há muito tempo vem acometendo a sociedade analandense, agora se manifestou em fatos notórios e indiscutíveis como os que culminaram com a morte cruel e violenta do vereador Nalin.O clamor social que, em Analândia, até então vinha sendo, equivocadamente, interpretado como mero inconformismo de conotação político partidário, ganhou âmbito nacional, revelando a face e os contornos do individualismo exacerbado de um pseudolíder, que para se manter no poder não hesita em fazer uso indiscriminado da trilogia corrupção, injustiça e violência contra uma população pacata, a cada dia, mais e mais, estarrecida com a ousadia do crime organizado, estabelecido nos poderes constituídos municipais, a praticar toda sorte de desmandos administrativos, que se estendem, desde a prática indiscriminada do nepotismo até os desvios mais inescrupulosos dos recursos públicos.
A funesta realidade de todos esses fatos tem início a partir da inserção fraudulenta de eleitores no corpo eleitoral do município, tornado Analândia, talvez, a única cidade no Brasil, cujo eleitorado supera a totalidade da população municipal. A partir daí, nenhuma outra conseqüência poderia se esperar, senão o despotismo de um governo sem legitimidade e completamente descomprometido com os interesses dos cidadãos analandenses, cujos destinos, hoje, estão à mercê dos eleitores fantasmas residentes em falsos endereços constantes das contas d’água emitidas pelos próprios beneficiários desse expediente.
Os cidadãos analandenses, não obstantes submetidos à total falta de transparência das contas municipais e às ameaças, como, entre tantas outras, as que redundaram na renúncia do Presidente da Câmara Municipal, indignados, reivindicam, das autoridades competentes, uma pronta interferência no sentido da preservação da ordem e da lisura na aplicação dos recursos públicos, no município de Analândia, uma vez que os edis eleitos e compromissados com as causas da ética e do controle social, encontram-se atemorizados diante da sanha de uma quadrilha instalada no poder municipal, para que a impunidade não venha a fomentar a ocorrência de episódios sangrentos como o que enlutou toda a família analandense e em particular a família do Vereador Nalin.
Concretamente, a Sociedade Analandense reclama e espera um posicionamento firme, no sentido de se proceder ao saneamento, incontinenti, do corpo eleitoral municipal, para que a soberania da vontade popular possa se manifestar sem os vícios observados nos pleitos eleitorais pretéritos, que reconduziram verdadeiros delinqüentes ao poder, contrariando princípios universais do Direito, como aquele que proclama: o infrator não pode beneficiar-se da sua própria torpeza.
Outrossim, reclama e espera, que a transparência da contas municipais seja prontamente restabelecida, para que os ditames constitucionais e os da lei de responsabilidade fiscal sejam observados, para que, dessa forma, a população possa exercer o seu sagrado e mais importante dever moral que é a CIDADANIA.

Analândia, 11 de dezembro de 2010.


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

POLÍCIA CONCLUI INVESTIGAÇÕES DA MORTE DE VEREADOR EM ANALÂNDIA/SP

Polícia conclui investigações da morte de vereador

Um dos suspeitos teve decretado o pedido de prisão preventiva

17/12/2010 - 11:15
EPTV

A polícia concluiu o inquérito que investiga a morte do vereador Evaldo Nalim, executado dentro de casa por dois homens, há dois meses, em Analândia. A polícia já apontou André Picanto como um dos suspeitos e ainda tenta identificar um outro homem.  André Picanto, está foragido.

Também foi pedida a prisão preventiva de Luiz Carlos Perin, suspeito de ser o mandante do crime. Ele já cumpre prisão temporária. O delegado Marcos Fuentes, responsável pelo caso, informou que escutas telefônicas autorizadas pela Justiça revelaram ligação entre os suspeitos de envolvimento no crime. O inquérito vai ser encaminhado para o Ministério Público.

O advogado Ariovaldo Vitzel Júnior, que defende Luiz Carlos Perin, disse que ainda não foi comunicado oficialmente sobre o pedido do delegado e que só vai se manifestar depois da decisão do juiz.






terça-feira, 14 de dezembro de 2010

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O que falta a nós ?

" O que falta à nossa época é a gratuidade, fazer algo por nada"
 Palavras da Francesa Françoise Sagan, que  foi uma mulher de esquerda, ativista, inteligente e sensível considerada por muitos como a última existencialista.

" Fazer o bem sem saber a quem" esta aí o valor da vida, somos irmãos, não podemos aceitar a injustiça e a opressão, devemos fazer aos outros o bem que queremos para nós.

Nunca preceitos humanos estarão acima do fazer o bem. Desta forma, aprende-se  que, para se fazer o bem ao próximo, não há tempo certo e tempo inadequado. Haverá sempre tempo para o fazer, e este o é urgente. 
Coisa de Deus … Não tem como negar!

Afinal, na verdade , é Deus o nosso grande chefe! E Ele me pede e me exige, fazer o bem!
Fazer o bem poderia ser mais uma meta em nossa vida, né?

Fazer o bem , essa moda pega!!!

"Juntos somos mais fortes, mas muito fortes"

Yara Cavini - GUARÁ disse... Águas da Prata-SP


Amigos/irmãos, a cada encontro da Rede somos alimentados pela troca de energia, carinho e experiências - é nosso combustível para continuar. Esses encontros acontecem em seminários, congressos, cursos e em ocasiões como essa de Analândia, quando a Rede se mobiliza para apoiar e defender um de nós. Cada um dá de si o que tem de melhor em conhecimento, disposição e presença. Chegamos de avião, de onibus, de carro, a pé, muitas vezes tudo isso numa só viagem e juntos somos muito, mas muito fortes. Nossa força vem da verdade que carregamos, da paz que é nossa meta, do amor maiúsculo que nutrimos por toda a humanidade e pelo planeta. Nossa luta é contra atos indignos, jamais contra pessoas - o diálogo é sempre o nosso primeiro passo porque somos serenamente seguros do que fazemos. O destempero, o grito, a violência são próprios de quem, sem argumentos, usa a força para impor suas idéias. Saimos de Analândia emocionados, felizes e em paz. E era tão grande essa paz que ao sair fomos espalhando um pouco dela pela ruas, avenidas, jardins... Olhando para trás vimos que toda a cidade estava coberta. De paz!



Paz e união

Matéria do Jornal O Estado de São Paulo


Realmente foi um sucesso o encontro , como sempre o Jornal Estado de São Paulo esteve presente e divulgou este evento que sem dúvida nenhuma entrou para História de Analândia e do Brasil .  A carta de Analândia resultou deste encontro e será entregue a todas autoridades Estaduais , Federais e Ministério Público para que sejam adotadas as medidas necessárias para resolver os graves problemas que atrasam nossa cidade.

EPTV - REPRESENTANTES DE ONGS DE VÁRIAS PARTES DO PAÍS PARTICIPARAM DO EVENTO VAMOS À ANALÂNDIA!



O evento tem por objetivo aumentar a participação popular no combate a corrupção. 
Representantes de 60 cidades estiveram presentes. 
O encontro formalizou um grito contra a corrupção com uma carta que será enviada a todas as autoridades do país.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Manifesto " Vamos a Analândia" foi um sucesso !!!

Ongs de diversas regiões do país estivem presentes ao evento “Vamos à Analândia”, promovido pela AMARRIBO – Amigos Associados de Ribeirão Bonito e organizado pela AMASA – Amigos Associados de Analândia. O objetivo da mobilização das Ongs que integram a Rede Amarribo, foi levar o apoio à AMASA e à população de Analândia que vem sofrendo com os desmandos políticos que ocorreram nos últimos anos, culminando com o brutal assassinato do vereador José Nalin, que descansava no sofá de sua residência quando foi morto a tiros por um indivíduo que invadiu a sala de sua casa.  A programação teve início às 11h00, com carreata e buzinaço pelas ruas da pequena Analândia.



O Deputado Federal Newton Lima esteve presente

 " A voz da região em Brasilia "






O professor doutor Newton Lima Neto, ex-reitor da Universidade Federal de São Carlos, eleito e reeleito prefeito de São Carlos  (2001-2008), foi eleito Deputado Federal no último pleito com mais de 110 mil votos. Newtão, como é conhecido carinhosamente, mudou a velha maneira de administrar a progressista São Carlos.





Henrique Ziller  do IFC de Brasilia e Josmar Verillo da Amarribo







Manifestantes com faixas pedindo o Fim da Corrupção





Grande passeata com representantes de Ongs de todo o Brasil se fizeram presentes, o Sr  Célio Barroso da Amoglau de Glaucilandia-MG de 87 anos   e Fábio Oliva de Carvalho da  Asajan de Januária -MG .






O encontro terminou com a elaboração de uma carta denominada "Carta de  Analândia" que será enviada a todas as autoridades estaduais, federais e inclusive Ministério público.

Como sempre o grande amigo  Sérgio Ronco esteve presente no  manifesto " Vamos a Analândia ", veja o Blog do Ronco    www.blogdoronco.blogspot.com   







Jornal Regional 11/12/21010



HINO DA CIDADANIA!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

"VAMOS À ANALÂNDIA!"


O Evento



Ativistas da luta anticorrupção de todo o país se reúnem em Analândia no sábado dia 11/12
 Ativistas de organizações não governamentais (ONGs) de combate à corrupção de todas as regiões brasileiras estarão em Analândia/SP neste sábado (11/12). O objetivo é mobilizar e conscientizar a comunidade sobre a importância do controle e fiscalização social da Administração Pública e o direito do povo a um governo honesto, como formas de reduzir os acentuados níveis de corrupção que se observam na cidade e no país.
Analândia tem 4.289 habitantes e 4.860 eleitores (mais eleitores que habitantes) e ganhou o noticiário nacional depois que um vereador foi brutalmente assassinado por denunciar supostos casos de corrupção na Prefeitura local e outro vereador renunciou a presidência da Câmara Municipal e ao mandato temendo ser a próxima vítima.
A Polícia Civil de São Paulo não tem dúvidas de que a motivação do assassinato do vereador Evaldo José Nalim (PSDB) foi política. Luiz Carlos Perin, o “Chiba”, chefe do Departamento de Educação da Prefeitura de Analândia é primo do atual prefeito Luiz Antônio Aparecido Garbuio (DEM) e irmão do ex-prefeito e atual chefe de gabinete José Roberto Perin (DEM). Chiba foi preso como um dos principais suspeitos de ter encomendado o assassinato do vereador, executado por dois motoqueiros, com sete tiros, quatro na cabeça, no dia 09 de outubro, enquanto assistia televisão no sofá de sua casa em companhia da esposa.
Dias antes do assassinato, “Chiba” foi visto entregando um pacote a dois motoqueiros, num posto de gasolina localizado na entrada da cidade. A Polícia Civil acredita que o pacote continha o dinheiro do pagamento pelo serviço de pistolagem. As imagens das fitas de vídeo do sistema de segurança do posto foram apagadas no trecho “Chiba” entregava o pacote aos motoqueiros.
A Caravana “Vamos a Analândia” mobilizou militantes do combate à corrupção das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul do país. O objetivo é mobilizar e conscientizar a população de Analândia de que ela não está sozinha na luta contra a corrupção que assola o município, comandado há cerca de 20 anos por integrantes de uma só família. Num ato simbólico, os manifestantes lavarão o passeio em frente à Prefeitura e à Câmara de Analândia. Também estão programas reuniões com autoridades e com a população.
Ao final do evento, os militantes da luta anticorrupção vão elaborar um documento, denominado “Carta de Analândia”, a ser enviado para autoridades estaduais e federais, inclusive Ministério Público, Governo do Estado, Judiciário, Assembleia Legislativa de São Paulo, Câmara dos Deputados e Senado Federal.
O clima de terror implantado na cidade contrasta com a propaganda oficial. O site da Prefeitura de Analândia menciona “113 anos de paz e muita tranquilidade”. Só neste ano a casa de Sônia Maria Dotta, ex-presidente da ONG Amigos Associados de Analândia (AMASA) foi apedrejada; atiraram ácido no carro da militante Antonia Sodelli Graber; ameaçaram de morte o secretário da ONG, Vanderlei Vivaldini Júnior; assassinaram o vereador Evaldo José Nalin (DEM), atearam fogo em propriedade rural do vereador Rodrigo Balerini (PMDB) e o vereador Leandro Santarpio (DEM) renunciou ao cargo e à presidência da Câmara Municipal, com medo de ser assassinado.
Com 113 anos de emancipação político-administrativa, Analândia, como a maioria dos pequenos municípios brasileiros, nunca recebeu uma fiscalização da Controladoria Geral da União (CGU) ou do Tribunal de Contas da União (TCU). Apesar de todas as irregularidades grosseiras verificadas pela população, as contas do município sempre são aprovadas pelo Tribunal de Contas de São Paulo.