sábado, 28 de dezembro de 2013

Ao Vivo!!!

Ao vivo na Rádio Nossa Terra FM Prefeito e Vereadores prestando esclarecimentos sobre os Tributos de Analândia.

http://www.portalboom.com.br/nossaterrafm/

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Tributos em Analândia podem aumentar até 566% em 2014


Só o IPTU subirá de 128 a 182%

O prefeito de Analândia, na região central de São Paulo, Rogério Luiz Barbosa Ulson (PMDB), enviou três projetos de lei que tratam de matéria tributária à Câmara de Vereadores, os quais, se aprovados, podem aumentar em até 566% o preço de alguns serviços públicos cobrados da população. Para que os tributos possam ser exigidos a partir de 2014, os projetos teriam que ser aprovados até terça-feira, dia 31 de dezembro.

O preço do fornecimento de um caminhão de água, por exemplo, saltará dos atuais R$ 60,08 para R$ 400,00 (566% de reajuste). A taxa de religação de água por inadimplência ou infração passará de R$ 46,02 para R$ 100,00, reajuste de 117%. A mesma taxa de religação para quem pedir espontaneamente o desligamento saltará de R$ 46,02 para R$250,00, aumento de 443%.

De acordo com o Projeto de Lei nº 29, que trata da exploração dos serviços de abastecimento de água e coleta de esgotos, enviado em 26 de novembro à Câmara de Vereadores, o usuário que pedir a troca de um hidrômetro pagará R$ 200,00 pelo serviço em 2014, contra os atuais R$ 56,56, majoração de 254%.

Um dos projetos, que institui a nova Planta Genérica de Valores dos imóveis, que serve de base para o cálculo do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), também reajusta o valor desse tributo em patamares que chegam a 128%, 132% e 182%. Além do reajuste da Planta Genérica de Valores, o prefeito Rogério Ulson também quer aumentar a alíquota máxima do tributo dos atuais 1,72% para 2%.

Para os vereadores, os reajustes pretendidos são desproporcionais. A inflação medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com base no Índice de Preços ao Consumidor – Amplo (IPCA) é de 5,88%, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país foi de 16,81% e o reajuste do salário mínimo nacional foi de 6,78%, passando de R$ 678,00 em 2013 para R$ 724,00 em 2014, ganho de R$ 46,00 por mês. Na última década, o reajuste do salário mínimo nacional foi de 72,35%.

Visando instigar os funcionários públicos e parte da população a pressionar os vereadores para que aprovem as novas leis tributárias, Ulson, que não é contribuinte do IPTU em Analândia, teria afirmado que sem isso não poderá aumentar o salário do funcionalismo em 2014, teria que demitir servidores contratados sem concurso, ocupantes de cargos de confiança, e não poderia garantir a qualidade e eficiência de serviços públicos como limpeza e coleta de lixo. Em parte, devido à exclusão, dos carnês de IPTU de 2014, da taxa relativa à coleta de lixo, declarada indevida pelo Poder Judiciário, que em tese diminuiria em cerca de R$ 400 mil a receita anual do município. 

Em 2014, o orçamento de Analândia aumentará em R$ 2.282.500,00. Será de R$ 20.882.500,00, 12% maior que os R$18,6 milhões de 2013.


sábado, 21 de dezembro de 2013

Audiência Pública - Saneamento Básico

Aconteceu na semana passada, a 2ª Audiência Pública sobre Saneamento Básico, marcada  pelo prefeito Rogério Ulson, para a apresentação das propostas de melhorias para nossa cidade.
Para quem não esteve presente nas audiências, colocamos um pequeno resumo dos serviços que compõem o saneamento básico:
• Abastecimento de água potável 
São atividades, infraestruturas e instalações necessárias ao abastecimento público de água potável, desde a captação até as ligações prediais e os respectivos instrumentos de medição. 
• Esgotamento sanitário 
São atividades, infraestruturas e instalações operacionais de coleta, transporte, tratamento e disposição final adequados dos esgotos sanitários, desde ligações prediais até o seu lançamento no meio ambiente. 
• Limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos 
São atividades, infraestruturas e instalações operacionais de coleta, transporte, transbordo, tratamento e destino final do lixo doméstico e do lixo originário de varrição e limpeza de logradouros e vias públicas. Neste caso, é importante salientar que a Lei 11.445 limita-se a traçar diretrizes aos resíduos domésticos, pois, em relação aos resíduos provenientes de serviços de saúde, resíduos industriais e comerciais, a responsabilidade é dos próprios geradores. 
• Drenagem e manejo das águas pluviais urbanas 
São atividades, infraestruturas e instalações operacionais de drenagem urbana de águas pluviais, de transporte, detenção ou retenção, para o amortecimento de vazões de cheias, tratamento e disposição final das águas pluviais drenadas nas áreas urbanas.
A Empresa VM Engenharia, participou da primeira audiência pública no dia 3 de dezembro e levantou junto aos participantes as reais necessidades identificadas pelos munícipes em relação ao saneamento básico, o principal problema apontado foi a qualidade da água.
Na audiência pública ocorrida na última quinta, dia 19, a empresa apresentou alguns possíveis planos de ação para serem desenvolvidos em nossa cidade, entre eles, ampliar a coleta seletiva de forma qualificada e formal.
Reforma de melhorias na ETE e na ETA também foram soluções de longo prazo, apresentas para resolver o problema de tratamento de esgoto e de distribuição de água.
Está sendo investido na contratação dessa empresa, cerca de R$ 100.000,00 para apresentação do plano de ação e implantação de políticas de saneamento básico.
Vamos aguardar o próximo encontro para que sejam apresentas as propostas efetivas a serem desenvolvidas.

e
             Equipe do Blog Unidos Por Analândia



domingo, 15 de dezembro de 2013

IPTU Analândia !

Esta semana muito se falou sobre o aumento do IPTU em Analândia!  Para ajudar a todos o blog disponibiliza algumas informações:
 
Segue abaixo os valores praticados atualmente:
 
Valores praticados atualmente!
 
 
Segue abaixo as alterações, novos valores que irão para a câmara para ser votado esta semana e irá vigorar em 2014 :
 

 
a.     TERRENOS: assim considerados, os imóveis urbanos sem edificação, serão classificados de acordo com os melhoramentos públicos que os servirem, conforme tabela abaixo:
 
CLASSE
MELHORAMENTO PÚBLICO
VALOR DO M²
EM
R$
A
·         Rede de Iluminação Pública
·         Rede Coletora de Esgotos
·         Rede de Água
·         Coleta de Lixo
·         Limpeza
·         Asfalto
50,00
B
·         Rede de Iluminação Pública
·         Rede Coletora de Esgotos
·         Rede de Água
·         Coleta de Lixo
·         Limpeza
25,00
C
·         Rede Coletora de Esgotos
·         Rede de Água
·         Coleta de Lixo
·         Limpeza
12,50
D
  • Demais terrenos não abrangidos nas classes anteriores
7,50
 


 
b.     EDIFICADOS: assim considerados, os imóveis urbanos com edificação, serão classificados de acordo com a metragem quadrada construída:
 
CLASSE
METRAGEM QUADRADA CONSTRUÍDA
VALOR DO M² EM
R$
A
·         Construção de até 60 m²
144,36
B
·         Construção de 60 m² até 150 m²
201,17
C
·         Construção acima 150 m²
300,56
 
 
Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação e produzirá seus efeitos a partir de 1º de janeiro de 2.014, revogadas as disposições em contrário, em especial a Lei Municipal de nº 1.152 de 22 de dezembro de 1.994.
Prefeitura Municipal da Estância Climática de Analândia, 13 de dezembro de 2013. ROGERIO LUIZ BARBOSA ULSON - Prefeito Municipal
 
 
 
-  Constatamos que o aumento do  IPTU incidirá sobre os terrenos,  as construções( casas) não terão aumento no IPTU.
 
 
 
 
 
 
 



terça-feira, 10 de dezembro de 2013

É hora de fazer o balanço.
O que mudou em nossa cidade?
O que emplacou?
O que está funcionando?

Até o final do ano o Blog Unidos por Analândia publicará uma série de matérias, expondo como anda cada setor do poder executivo e Legislativo! O espaço está aberto para todos!


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Caso Nalin ! Analândia!

Agora falta pouco para o julgamento. O MP e os assistentes de acusação irão arrolar as testemunhas para o Júri popular!
Disponibilização: quarta-feira, 13 de novembro de 2013 Diário da Justiça Eletrônico - Caderno Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte III São Paulo, Ano VII - Edição 1540 307
ESCRIVÃ(O) JUDICIAL EDILENE MARIA VICENTINI PUCCINELLI
EDITAL DE INTIMAÇÃO DE ADVOGADOS
Processo 0007040-14.2010.8.26.0283 (283.01.2010.007040) - Ação Penal de Competência do Júri - Homicídio Simples - 
Justiça Pública - André Picanto - - Luiz Carlos Perin - Evaldo José Nalin - Tendo em vista o trânsito em julgado do v. acórdão quePRONUNCIOU o réu, nos termos do art. 422 do Código de Processo Penal, manifeste-se o Ministério Público, o assistente de acusação e do defensor do réu, sucessivamente no prazo de 5 (cinco) dias, apresentando, caso queiram, rol de testemunhas que irão depor em plenário, até o máximo de 5 (cinco) - assistente de acusação e Ministério Público deverão arrolar o máximo de 5 testemunhas conjuntamente, bem como juntem documentos e requeiram eventuais diligências, se entenderem necessário. Intimem-se. Ciência ao MP. - Ato ordinatório: Os autos encontram-se com vista para o assistente de acusação. - ADV: ARIOVALDO VITZEL JUNIOR (OAB 121157/SP), EDSON LUZ KNIPPEL (OAB 166059/SP), ARIOVALDO RISOLA (OAB 18946/SP), GUILHERME SAN JUAN ARAUJO (OAB 243232/SP), HENRIQUE ZELANTE RODRIGUES NETTO (OAB 276895/SP), MARCELA MARQUES VITZEL (OAB 279608/SP)

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Conhecendo Analândia: Teor de Flúor está Inadequado em Nossa Água



De janeiro a maio de 2013, o CROSP (Conselho Regional de Odontologia) coletou amostras de fluoreto de água de 105 municípios paulistas, que participam do Programa Estadual, Sorria São Paulo, programa que destina recursos para fluoretação da água, por exemplo.
O resultado foi preocupante, grande parte das cidades analisadas apresentou fluoretação inadequada, dentre essas cidades está Analândia.
A concentração ideal de flúor que deve estar presente na água para consumo humano é de 0,6mg/L  a 0,8mg/L.
Em Analândia tivemos em uma primeira análise o valor de 1,1mg/L, na segunda análise 0,3mg/L, mantendo esse valor na terceira análise.
A fluoretação da água, quando utilizada na quantidade correta, combate a formação de cárie. Mas em quantidade excessiva, pode levar a fluorose, prejudicando a formação dentária de crianças de 0 a 12 anos, alterando o esmalte e a dentina.
Cabe a pergunta, quem cuida da regulação e cuidados da nossa água?
Quem é o responsável por manter a qualidade e a quantidade de flúor na água?
Cadê o fiscal de saúde?
Quanto dinheiro está sendo gasto com o tratamento da água?
Será que está sendo eficiente?
O povo quer saber!

Confira a matéria completa sobre a quantidade de flúor no site do CROSP e outras matérias relacionadas:



domingo, 10 de novembro de 2013

Buracos em Analândia !

Vários buracos se abriram em uma das ruas do Jardim Santa Izabel, um carro caiu dentro mas por sorte ninguém se machucou!


 A camada asfáltica é muito fina, da espessura de um aparelho celular!


 Esta obra tem 3 anos! Portanto, ainda está dentro da garantia que é de 5 anos!


Obras mal feitas sempre foram comuns em Analândia! 
Esta acima foi realizada em 2009 na gestão de Luizinho Garbuio e a empresa que realizou foi a Concergi.
Cabe ao prefeito cobrar as responsabilidade e exigir que isso seja refeito o mais rápido possível!

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

MUNICÍPIO VERDEAZUL

Você sabe o que é um município VerdeAzul?
É um município eficiente na gestão ambiental.
Em 2007 o governo de São Paulo lançou o Programa Município VerdeAzul, um programa ambiental inovador da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, cujo objetivo é ganhar eficiência na gestão ambiental através da descentralização e valorização da base da sociedade.
O Programa visa estimular e capacitar as prefeituras a implementarem e desenvolverem uma Agenda ambiental estratégica.
Ao final de cada ciclo anual é avaliada a eficácia dos Municípios na condução das ações propostas na Agenda.  A partir dessa avaliação, são disponibilizados à SMA, ao Governo de Estado, às Prefeituras e à população o Indicador de Avaliação Ambiental-IAA.
A participação do Município no PMVA é pré-requisito para a liberação de recursos do Fundo Estadual de Controle da Poluição-FECOP, controlado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente.
Para aderir ao programa, é necessário assinar um Protocolo de Intenções onde, estão propostas 10 Diretivas, que abordam questões ambientais prioritárias a serem desenvolvidas.
As 10 diretivas, onde os municípios concentram seus esforços para desenvolvimento da agenda ambiental são: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Cidade Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental. 
Pelo que sabemos, Analândia chegou a assinar o Protocolo, mas não atingiu os indicadores o que levou nossa cidade a perder o título.
Cidades pequenas tem muito mais facilidade em conseguir atingir esses indicadores, uma vez que muitas vezes elas ainda não estão poluídas, trabalhos de conscientização podem ser feitos com mais eficiência e a fiscalização é muito mais fácil.
Você sabiam que nossa vizinha Corumbataí, recebeu um dos prêmios do Programa VerdeAzul?
Corumbataí foi premiada com a melhor coleta seletiva do Estado de São Paulo.
Se Corumbataí conseguiu por que nós não podemos participar e fazer da nossa cidade uma vencedora em questões ambientais?
Que tal incentivarmos nossos gestores a investirem no meio ambiente?
Se nos recordamos bem, isso estava nas promessas de campanhas de todos os candidatos a prefeito de nossa cidade e também de alguns vereadores. 
Ou será que já esqueceram dessa promessa?
Para maiores informações consulte o site: 


domingo, 3 de novembro de 2013

Conhecendo Analândia: Estância Climática

O Estado de SP possui 67 cidades consideradas Estâncias, por cumprirem determinados pré-requisitos determinados por Lei Estadual. Conforme suas características podem ser classificadas em Estância Turísticas, Climáticas, Balneárias e Hidrominerais.
No nosso caso, Analândia está classificada como Estância Climática. Estamos ao lado de cidades como Atiabaia e Campos do Jordão.

As Estâncias Climáticas Paulistas são cidades que possuem atrativos naturais como o clima ameno, montanhas, cachoeiras e muita área verde, além de inúmeros esportes de aventura.
Tal status garante uma verba maior por parte do Estado para investimento em infraestrutura voltada para o turismo e promoção do turismo regional.
Esse ano, o Estado, liberou para nossa cidade,  o total de R$ 607.930,90, sendo referente a dois convênios realizados em 2009.
Esse dinheiro, deve ser empregado para melhorar o acesso a pontos turísticos, sinalização, asfalto entre outras obras e melhorias que viabilizem e desenvolvam os atrativos naturais da nossa cidade.
Será que nossos pontos turísticos estão bem cuidados? Será que há investimento em nossa cidade na área do turismo?
Que tal verificarmos onde esse dinheiro está sendo investido?
Que tal usarmos a Lei de Acesso a Informação (LAI), para solicitar essas informações?
Vamos deixar aqui as fontes que usamos para pesquisa, qualquer dúvida com relação a consulta é só enviar que responderemos.
Aguardamos também a disponibilização dessas informações no site da Prefeitura Municipal de Analândia.
Próxima matéria: Programa Verde e Azul.






NOVIDADES NO BLOG

Para essa semana, estamos preparando postagens especiais e que ajudem a entender melhor como o dinheiro da nossa cidade está sendo empregado.
Vamos dividir as matérias por partes e abordar aspectos relevantes ao desenvolvimento social, econômico e político da nossa cidade.
Gostaríamos de saber a opinião de todos a respeito deste formato de postagem, se está claro, se vocês acham que podemos melhorar.
Também estamos abertos a sugestões de matérias para ampliarmos os conhecimentos sobre as Contas Públicas.
A Equipe do Blog Unidos Por Analândia agradece a todos os leitores pela confiança, fidelidade e participação para a construção de uma cidade mais justa, transparente e participativa.
Ótima semana e leitura a todos!



segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Asfalto dos Pontos Turísticos






Analândia é uma cidade turística e para que mais pessoas venham à cidade é necessário estrutura para receber os visitantes.

Além de locais para hospedagem e alimentação, o acesso aos pontos turísticos teve estar em condições de levar qualquer pessoa até o local.
Mais uma vez mostramos a obra da empresa Josan. O edital para prestação de serviço de asfaltamento da via pública, exigia 10 cm de brita e 3 cm de camada asfáltica, mas como podemos ver nas fotos, o que temos na verdade são 4cm de brita e 2 cm de camada asfáltica. 







Os vereadores estão insatisfeitos com o trabalho da empresa e pedem explicações ao Secretário de Obras Mário com relação ao laudo do serviço e sobre a realização do mesmo fora das exigências do edital de licitações.





Mário disse que tem o laudo, mas até o momento não apresentou aos vereadores para avaliação. Afirma ainda, que não fez análise para apurar a qualidade da obra. 
Uma das funções do departamento de obras de uma prefeitura, é acompanhar as obras, verificar se estão sendo executadas de acordo com o exigido no edital de licitação e após a obra, verificar se não há nenhum problema com a finalização do serviço.
Todas as obras realizadas no município, ficam sob a responsabilidade do departamento de obras para que sejam cumpridas dentro do compromisso de satisfazer a necessidade da população, do município, para que seja aplicado corretamente o dinheiro público investido na contratação de qualquer empresa, notificando-a se houver qualquer irregularidade em descumprimento com o exigido.
A câmara pretende representar contra empresa e exigir que a obra seja bem feita ou que o dinheiro seja devolvido.
Enquanto isso, a população aguarda explicações do secretário de obras quanto ao seu comprometimento com a fiscalização, acompanhamento e controle dessa e de outras obras da nossa cidade.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

EXONERADO BETO PERIN E CLEITON GÓES JÚNIOR



"Considerando todos os indícios de fraude e irregularidades que macularam os princípios da legalidade e moralidade pública entre outros, e ainda, considerando que as defesas apresentadas não foram suficientes para entendimento contrário, e insubsistentes para derrocar as fraudes encontradas no certame; 





RESOLVE:
Artigo 1º - EXERCENDO o poder acima mencionado de Auto Tutela, torno NULO o Concurso Público n º 02/2009 através do decreto nº 1.828/2013, tornado-o sem efeito, e por conseguinte EXONERO os servidores JOSÉ ROBERTO PERIN e CLEITON GÓES JÚNIOR."





Finalmente chegada a hora de colocar no lugar aqueles que tentaram onerar o poder público.
Podemos dizer que parte de todo sacrifício do vereador Nalin em provar que houve a fraude no concurso, hoje está compensado.







Outros vereadores também fizeram denúncias sobre fraudes em concurso.
Que a maré de boas notícias continue e que a administração continue caminhando para uma boa Gestão Pública.
Uma frase de efeito usada pelo próprio José Roberto Perin que deve ser lembrada nesse momento: "A justiça tarda mas não falta!!!" 

Vamos relembrar:
http://www.viaeptv.com/epnoticia/noticias/NOT,3,52,361401,Vereador+confessa+envolvimento+em+fraude+de+concurso+publico+para+a+prefeitura+de+Analandia.aspx

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

E mais uma vez, o esgoto é lançado no Rio Corumbataí em Analândia...


Esgoto da cidade chega na Estação Elevatória e está sendo desviado diretamente para o Rio Corumbataí! 
A bomba está quebrada? Onde está a reserva?



Cano que leva o esgoto para o rio sem nenhum tratamento!



Obra mau feita, com 3 anos de inauguração os problemas chamam a atenção, a má qualidade da obra é gritante!

A título de informação, a estação de tratamento de esgoto, funciona com duas bombas, uma principal e uma reserva. A reserva só é utilizada quando a principal quebra.
Parece que já foi comprada uma bomba nova, mas que a mesma não funcionou.

O povo quer saber:
  • Onde está a bomba reserva que deveria auxiliar o tratamento de esgoto quando a bomba principal quebrar?
  • Se essa já é a bomba reserva, por que ainda não consertaram a bomba principal? Por que esperaram a reserva quebrar também para deixar no estado que está?
  • Se foi comprada uma bomba nova, por que não testaram para verificar no ato que não estava funcionando?
  • Essa é a água que bebemos diariamente???
Cabe lembrar que essa água é a mesma que abastece as cidades da região, entre elas, Corumbataí, Rio Claro e Piracicaba.
E agora, quem responderá a essas questões?

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Comentários NÃO Postados

Atenção amigos leitores, 
Estamos com problemas com relação a postagem dos comentários, muitos comentários estão indo automaticamente para os Spams e não tínhamos percebido.
Estamos postando aos poucos pois são muitos comentários e bem antigos e como nossa equipe é composta de voluntários que tem outras atividades, poderemos demorar um pouco pra colocar tudo em dia.
Cabe lembrar que as regras continuam as mesmas:

  • Para citar nomes o autor deverá se identificar;
  • Não serão aceitos comentários que tenham intuito de caluniar, pois o blog não pode ser responsabilizado por possíveis falsas acusações;
  • Difamações, agressões verbais, ofensas, críticas que denigram a imagem de alguém também não serão aceitos.
Todos tem direitos de defesa e resposta, dentro dos limites máximo do respeito, por isso estamos tomando esse cuidado.
Não precisamos censurar ninguém, só não podemos deixar que os estouros da razão prejudiquem a imagem das pessoas e do Blog.
Esse é um espaço para discussões sadias, denúncias e críticas construtivas, não queremos que ninguém seja ofendido.
Figuras públicas infelizmente devem estar preparadas para receber as críticas, afinal é um servidor do povo.

A equipe do Blog Unidos Por Analândia pede desculpas e agradece a todos pela compreensão.
Esperamos que esse problema seja logo resolvido.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

1º Aniversário de Analândia

Hoje, exatamente hoje, completa um ano do dia da liberdade de Analândia.
Posso dizer que Analândia renasceu no dia 07 de outubro de 2012, hoje é seu primeiro aniversário após um longo período negro.
Foram 3 anos de luta junto com a AMASA, após 17 anos de estagnação e apatia de uma população que sofria calada.
Quem de Analândia não lembra do começo da AMASA? Quem não lembra dos anos de medo, de destruição da nossa bela cidade?
Eu queria muito estar escrevendo algo diferente, algo que me fizesse pensar que Analândia fez a melhor escolha, mas ainda tenho dúvidas.
De um lado, acredito que fizemos sim uma boa escolha, pois tiramos um ditador do poder, libertamos uma cidade de 20 anos de uma prisão psicológica, que alegria ver a população comemorando a liberdade.
De outro lado, as vezes acho que o que mudou foi apenas o ator, pois a personagem continua enrustido na cadeira do político interessado em seus próprios interesses.
O que eu queria de verdade era um gestor com ouvidos limpos de preconceitos e vaidades. Um gestor com olhos vivos para o crescimento da nossa cidade.
Quero que meu gestor leia com o coração e mente bem abertos, com a inocência de uma criança, mas com a sabedoria de um ancião. 
Quero que leia sem vaidade alguma, sem medo, sem desconfianças...
Não quero criticar, não estou aqui para exaltar minha decepção com algumas atitudes.
Estou aqui, de peito aberto, de alma pura e repleta de esperança que o MEU gestor público entenda que estamos aqui pra mostrar pra ele o que queremos, que estamos aqui falando com conhecimento de causa, pois temos anos de Analândia, temos história e vida construída em Analândia e que agora estamos dando a oportunidade dele fazer parte dessa história.
Queremos juntos construir uma Analândia melhor, construir uma cidade LEGAL, JUSTA e TRANSPARENTE.
Quero poder sentar com meu gestor e discutir com ele ações para uma cidade melhor com a certeza de que ele não está me ouvindo apenas por educação ou pior ainda, por obrigação.
Quero poder no futuro me orgulhar de ter escolhido esse representante não por ser a ÚNICA opção, mas por ter visto que ele trabalhou pelo bem comum da população.
Quero que ele seja maduro o suficiente para entender que estamos juntos nessa e humilde para aceitar a ajuda do povo.
Não somos oposição política, nunca seremos. Somos apenas oposição a oportunistas, a interesseiros e a exploradores.
Se tiver um gestor em quem confiar não precisaremos ficar confrontando atitudes e posturas.
Não quero medir forças, quero apenas unir cada vez mais a força do povo com a força do poder público.
O que EU QUERO de verdade é uma população sempre ativa, participativa, consciente e LIVRE, que construa com o NOSSO gestor uma cidade LIMPA!
Tenho orgulho de ter feito parte dessa luta e de continuar fazendo.
Tenho orgulho de fazer parte da AMASA e de todos os membros.
Tenho mais orgulho ainda dessa gente guerreira que abre mão de seus interesses pessoais pelo bem comum.
Mas se tem alguém que merece todos os créditos nessa história, com certeza é a população de Analândia, que escolheu a mudança e que vai cobrar isso sempre!!!
Parabéns Analândia!!!! Parabéns a toda população que trouxe luz para nossa cidade!!!
Força, coragem e união!!! Estamos juntos nessa!!!! É só isso que gostaria que ficasse bem claro a todos!!!
Volto a postar o vídeo da AMASA pois ele mostra toda a história dessa gente guerreira que jamais desistiu!!!
NUNCA se esqueçam disso, a força e a decisão está nas mãos do POVO!!! ANALÂNDIA É DO POVO!!! Fomos nós que escolhemos, nós é quem decidiremos como a cidade vai ser SEMPRE!!





Colaboradora Liana Morisco

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Acusado de mandar matar vereador é exonerado de cargo na Prefeitura

Processo administrativo apontou falta disciplinar por abandono de emprego.
TJ-SP determinou prisão de Perin por morte de Evaldo Nalin em 2010.

01/10/2013 22h03 - Atualizado em 01/10/2013 22h07

Luiz Carlos Perin, acusado de ser o mandante do assassinato do ex-vereador Evaldo José Nalin, em outubro de 2010, foi exonerado do cargo que ocupava na Prefeitura de Analândia (SP). A demissão aconteceu após um processo administrativo que apurou a falta disciplinar por abandono de emprego.
Perin, que trabalhava como professor de educação física, é considerado foragido desde o dia 19 de janeiro deste ano, quando o Tribunal de Justiça determinou a prisão preventiva dele. Ele era servidor público, contratado como professor efetivo de educação física. Ele chegou a pedir afastamento do cargo por dois anos em 18 de fevereiro, quase um mês depois de ter sido expedida ordem para sua prisão.
O advogado de defesa está analisando a possibilidade de entrar com recurso em relação a prisão preventiva. Com relação à exoneração da Prefeitura, ele não informou se vai tomar alguma providência.
Relembre o caso
Luiz Carlos Perin é acusado de ser mandante do assassinato do vereador Evaldo José Nalim (DEM), executado a tiros, em sua casa, em outubro de 2010. Ele nega participação no crime.
Perin ficou seis meses preso, mas foi solto em abril do ano passado. Ele também é acusado de intimidar testemunhas do caso. A polícia acredita que o assassinato teve motivação política, já que Nalin dizia que recebia ameaças depois de ter feito denúncias de irregularidades na prefeitura.
Em um áudio gravado durante uma sessão da Câmara de Vereadores, a vítima disse que uma das ameaças foi feita pelo ex-prefeito José Roberto Perin, irmão de Luiz Carlos Perin.
O suspeito do assassinato, André Picante, morreu em janeiro de 2011, após ser atropelado por um carro em uma rodovia próxima a Carapucuíba, na região metropolitana da capital paulista.


CONFIRA O VÍDEO:

http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2013/10/acusado-de-mandar-matar-vereador-e-exonerado-de-cargo-na-prefeitura.html